sexta-feira

Mesmo de longe, Everton está confiante


Se hoje Andrade é um treinador respeitado por todos no Flamengo, deve muito ao jogo contra o Atlético Mineiro no primeiro turno do Campeonato Brasileiro deste ano, quando levou o time a uma vitória importante no Maracanã. Na 15ª rodada, o clima era o mesmo: expectativa para o encontro dos goleadores Adriano e Diego Tardelli, mas o Flamengo fez bom uso dos coadjuvantes para vencer o Atlético-MG por 3 a 1. Um destes coadjuvantes era o ala-esquerdo Everton, que no próximo domingo, devido a uma lesão no pé, não poderá ajudar os rubro-negros no jogo de volta contra o Galo.

Aos 14 minutos daquele jogo, Everton roubou uma bola quase no meio-campo e passou para Adriano. O Imperador devolveu e o criador da jogada fez o terceiro. Depois disso, o Flamengo e o próprio Everton só evoluíram na competição. No entanto, o camisa 22 viveu uma maré de azar em duas partidas que lhe tiraram do resto da temporada no time da Gávea. Contra o Vitória, na Bahia, no dia 7 de outubro, ele levou uma cotovelada abaixo do olho esquerdo e, no sábado seguinte, contra o São Paulo fraturou o tornozelo esquerdo.

"É muito ruim ficar do lado de fora nessa fase final. Queria muito estar dentro de campo com os meus companheiros. A sensação de que você até pouco tempo estava lá colaborando para as vitórias e agora não poder fazer nada é horrível. Mas, eu posso torcer, e isso, tenho feito muito", disse o meia, que está se recuperando da melhor maneira possível e irá dar início a processo de fisioterapia no próximo dia 9.

Confiante, Everton garante que seus companheiros não poderiam estar motivados em manter a equipe no G4 e, quem sabe, lutar pelo título brasileiro. O jogador marcou presença no Maracanã na partida contra o Santos e gostou do que viu.

"Tenho certeza de que todos acreditam que temos condições de terminar o ano entre os quatro melhores do campeonato. Estive no Maracanã contra o Santos e fiz questão de ir ao vestiário antes e depois da partida. Vi nos olhos de cada um a vontade que o grupo está de levar o Flamengo à Libertadores", explicou.

Se Everton está machucado, Juan se recuperou e vem fazendo a função que o camisa 22 vinha fazendo tão bem antes da lesão. Uma situação inversa do que aconteceu quando Everton assumiu a posição. Vivendo o outro lado da moeda, o jogador diz que não se importa. Pelo contrário, está feliz pelo companheiro e torce para vê-lo levando o Flamengo às vitórias.

"O relacionamento com o Juan é excelente. Sempre nos demos força. Quando ele estava machucado, dei o meu melhor para o time e, agora que eu estou machucado, ele voltou ao time e não tenho dúvidas de que vai ser muito importante. Com a sequência de jogos tenho certeza de que vai voltar a jogar em alto nível como sempre jogo", finalizou.

O Flamengo é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro de 2009 com 54 pontos e enfrenta o Atlético Mineiro, que ocupa o terceiro lugar com 56, no próximo domingo, às 16 horas, no Mineirão. O São Paulo lidera a competição com 59 pontos, um a mais do que o segundo colocado Palmeiras.
FS com AF

Nenhum comentário: