segunda-feira

Flamengo vive imbróglio com fornecedoras



Exploração da imagem de Adriano causa polêmica


Apesar de os envolvidos terem colocado panos quentes, o imbróglio envolvendo
Flamengo, Nike e Olympikus segue dando repercussão. A Olympikus, que assumirá o fornecimento de material esportivo do clube no dia 1º de julho, já ajuda o Flamengo a bancar Adriano e tem várias ações de marketing em torno do jogador planejadas.

A principal delas, a escolha do número de Adriano pela torcida, incomodou a Nike. Isso porque até julho, o Imperador vai atuar com camisas aleatórias, ainda sem definição, impossibilitando a empresa, que tem contrato pessoal com Adriano, de explorar a marca.

David Grimberg, gerente de comunicações da Nike, diz que a marca vai explorar Adriano à sua maneira. Em relação ao Flamengo, David limitou-se a dizer que o contrato será cumprido até o fim (30 de junho) da melhor maneira possível.

Já Túlio Fornicola Filho, diretor de marketing esportivo da Olympikus, não se aprofundou, porque a marca ainda não assumiu o Fla.

- Estamos negociando ainda e nosso plano independe das contratações. É claro que, se assumirmos, será ótimo ter um jogador como o Adriano. Ele estando bem significa venda de camisas - disse Túlio, que não pensa em interferir no contrato pessoal que Adriano tem com a Nike.

- Isso é antiético e nem passa pela nossa cabeça. Vamos usá-lo através de produtos oficiais do clube, como foi feito com ele no São Paulo.

[Lance]

Nenhum comentário: