quarta-feira

Lesão tira Maldonado do Brasileiro. Diretoria fica revoltada


Maldonado está fora do Campeonato Brasileiro. O jogador torceu o joelho esquerdo no amistoso do Chile contra a Eslováquia, ontem, e vai desfalcar o Flamengo nos três jogos restantes contra Goiás, domingo, Corinthians e Grêmio. A diretoria rubro-negra entrará com um pedido para que a Federação Chilena pague o tratamento e também os salários do jogador durante o processo de recuperação.

“Parece que tenho um problema de meniscos ou ligamentos. Mas tenho que levantar a cabeça. Acontecer isto depois de tanto tempo longe da seleção me dá raiva, ainda mais porque sei que será uma recuperação longa”, afirmou Maldonado, que será examinado pelo médico José Luis Runco. Dependendo do resultado dos exames, Maldonado poderá ser submetido a cirurgia. <

Diretoria revoltada

Antes do amistoso de ontem, o Flamengo pediu a liberação de Maldonado e Fierro. O técnico Marcelo Bielsa, porém, liberou cinco jogadores, mas não os rubro-negros. Agora, com a lesão de Maldonado, o clube vai pedir para que a Federação Chilena pague os salários do jogador durante o período de recuperação.

“Sendo uma lesão grave, o Flamengo vai acionar a Federação Chilena para pagar os salários dele no período de recuperação. Se for necessário, vamos recorrer até à Fifa”, afirmou o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz.

Em outra ocasião, a Fifa determinou o pagamento de R$ 2,8 milhões ao Newcastle por conta da lesão sofrida pelo atacante Michael Owen em um jogo pela seleção inglesa contra a Suécia, na Copa do Mundo de 2006.

“Temos casos anteriores submetidos à corte europeia como, por exemplo, o do Owen. Então há base legal para o Flamengo. Mas primeiro vamos entrar em contato com a Fifa e com a federação chilena para saber se existirá uma compensação ao Flamengo”, explicou o advogado Marcos Motta, em entrevista ao site Globoesporte.com.

Antes mesmo de saber da gravidade da lesão, Andrade já lamentava o desfalque no momento decisivo.

“Ele é um jogador muito importante para o time. É lamentável que essa lesão tenha acontecido, pois a experiência é muito importante nesse momento”, afirmou Andrade, que tratou logo de dar moral para Toró, que substituiu o chileno na vitória de 2 a 0 sobre o Náutico e muito provavelmente será titular diante do Goiás: “O Toró foi muito bem na partida e também é importante para nós”.

O Rubro-Negro é assombrado pelo fantasma das seleções. Primeiro foi Kleberson, que lesionou o ombro direito no amistoso inexpressivo contra a Estônia e está afastado dos gramados há três meses. Depois, Adriano machucou o tornozelo esquerdo no jogo de Eliminatórias contra a Bolívia.

FS com ODOL

Nenhum comentário: