domingo

Flamengo não sente pressão e vence Galo no Mineirão


O Flamengo não se intimidou com a torcida do Galo e venceu o Atlético-MG por 3 a 1 em pleno Mineirão. O Rubro-Negro, após ótima partida, levou os três pontos, que o deixaram ainda mais próximo da liderança do Brasileirão. Já o Galo, com a derrota, se manteve com 56 pontos e perdeu sua terceira posição para o próprio Flamengo, que chegou a 57.

A partida começou muito corrida. O Atlético-MG, empurrado pelos mais de 60 mil torcedores, esteve mais presente no campo de ataque nos primeiros minutos. No entanto, os atleticanos sofreram o primeiro baque aos 10 minutos, na primeira chegada do Flamengo. Em contra-ataque puxado por Pet, Zé Roberto recebeu pela esquerda e bateu forte para boa defesa de Carini, que mandou para escanteio. Na cobrança, o sérvio, mais uma vez mostrou toda sua categoria. O meia surpreendeu o goleiro uruguaio ao mandar direto para o gol, abrindo o placar para o Rubro-Negro.

Logo após o gol, o Galo esboçou uma pressão, mas não conseguiu levar perigo ao gol de Bruno. Diego Tardelli, isolado, voltava para buscar as jogadas e era o mais lúcido do time mineiro. O Flamengo apostava nas jogadas pelo seu lado esquerdo com Zé Roberto e Juan, mas sem sucesso.

O jogo seguiu morno até os 40 minutos, quando o Rubro-Negro marcou o segundo. Maldonado apareceu como elemento surpresa na entrada da área. O chileno recebeu passe de Zé Roberto e bateu rasteiro no contra-pé de Carini. O Galo ainda teve a chance de descontar ainda no primeiro tempo com Correa. Após bobeira de Ronaldo Angelim, Eder Luis cruzou e o volante, livre, bateu por cima do gol de Bruno.

A segunda etapa começou da melhor maneira possível para o Galo. Logo aos cinco minutos o experiente Ricardinho descontou para o time mineiro. Em uma jogada confusa, Thiago Feltri fez o cruzamento, que foi desviado e parou nos pés de Ricardinho. O meia bateu de primeira no canto direito de Bruno, que nada pôde fazer.

Após o gol, o jogo ficou mais aberto e as duas equipes partiram com tudo para buscar os gols. Aos 15, o meia Zé Roberto quase fez um gol de placa no Mineirão. Ele fez grande jogada individual, passou por três adversários e chegou frente a frente com Caririni, mas bateu para fora. O Fla seguiu chegando com perigo pelo lado esquerdo com Pet. O gringo também desperdiçou boa chance.

Quando faltavam 15 minutos o Atlético-MG começou a chegar com mais perigo. A entrada de Evandro no meio-de-campo deu mais qualidade no passe, o que permitiu o time mineiro fizesse a bola correr mais pelos lados do campo. Com isso, dava espaço para o Rubro-Negro nos contra-ataques.

Sumido durante todo o jogo, o Imperador apareceu para garantir a vitória do Flamengo. Aos 36 minutos, Fierro fez ótima jogada pela direita e cruzou para Adriano testar firme para marcar o terceiro gol do Rubro-Negro. Em seguida, a torcida atleticana já não acreditava mais e começou a deixar o Mineirão. A partir daí, o Flamengo amarrou o jogo não deu mais chances ao Galo.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 1 X 3 FLAMENGO

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 8/11/09 - 16h
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa/RS)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Altemir Hausmann (Fifa/RS)
Renda/Público: Não divulgados
Cartões amarelos: Evandro (ATL); Juan, Bruno e Willians (FLA);
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Petkovic, 10'/1ºT (0-1); Maldonado, 40'/1ºT (0-2); Ricardinho, 5'/2ºT (1-2); Adriano, 36'/2ºT (1-3)

ATLÉTICO-MG : Carini, Carlos Alberto, Benitez, Werley e Thiago Feltri; Jonilson, Renan (Evandro, intervalo), Correa (Serginho, 26'/2ºT) e Ricardinho; Eder Luis (Rentería, 20'/2ºT) e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth

FLAMENGO : Bruno, Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton (Toró, 22'/2ºT), Maldonado, Willians e Petkovic (Fierro, 24'/2ºT); Zé Roberto (Gil) e Adriano. Técnico: Andrade.

FS com LN

Nenhum comentário: