domingo

Dia de almoçar o galo


Final de Campeonato. é com este pensamento que o Mengão entra em campo hoje, às 16h, no Mineirão, para encarar o Atlético-MG, adversário direto na briga pelo título. Uma vitória rubro-negra fará o time carioca ultrapassar o próprio Atlético-MG na tabela e ficar a dois pontos do líder São Paulo.

Além do bom time adversário, os rubro-negros terão de jogar contra a pressão da torcida, que promete lotar o estádio com mais de 70 mil pessoas, e o clima de batalha que cerca o jogo. Mas nada tão ruim para quem neste mesmo campeonato desbancou o líder Palmeiras, no Parque Antartica.

O duelo entre Flamengo e Atlético-MG lembra os tempos áureos da década de 80, quando os clubes desenvolveram grande rivalidade. A lembrança, no entanto, é melhor para os rubro-negros, que derrotaram o rival na final do Brasileiro e 1980, na Libertadores de 1981 e na semifinal do Brasileiro de 1987.

E no banco rubro-negro estará alguém que estava presente nos três confrontos, o técnico Andrade. E assim, como na década de 80, o treinador afirma que o importante é saber suportar a pressão do Mineirão: "É primordial saber administrar a pressão. Existe uma ansiedade muito grande e se soubermos administrar isso levaremos uma grande vantagem", declarou Andrade.

Para o jogão de hoje, o técnico Desta forma, repetirá a equipe que venceu o Santos por 1 a 0 na última rodada. Mas uma surpresa pode ser a alteração do esquema na última hora, com Aírton sendo recuado para dar mais liberdade para Léo Moura e, sobretudo, Juan.

FS com MH

Nenhum comentário: