sábado

Bruno pega dois pênaltis e Fla vence o Santos


Mais de 80 mil pessoas estiveram presentes na tarde deste sábado, no Maracanã, para acompanhar a vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o torcedor rubro-negro dormirá nesta noite com seu time entre as equipes classificadas para a Libertadores do ano que vem, já que Cruzeiro, Internacional e Atlético-MG só jogam neste domingo. O gol do Fla foi marcado por Adriano. O grande destaque da partida foi o goleiro Bruno, que pegou dois pênaltis do Ganso durante a partida.

O Flamengo até o momento é o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro com 54 pontos, mas pode deixar este posto neste domingo. Já o Santos, permanece na 13ª colocação com 42.

O jogo começou bom, com as duas equipes marcando muito e tentando abrir o placar. O Santos fazia uma forte marcação em Petkovic e deixava as armações de suas jogadas principalmente com o Germano e com o Ganso. Com Pet praticamente anulado, o Flamengo só era perigoso pela direita, com os avanços de Léo moura e as jogadas de linha de fundo do volante Willians. E foi por ali que saiu o gol do Fla na partida. Léo Moura cruzou a bola com perfeição e Adriano, subiu mais do que a zaga santista e abriu o placar. Com o gol, o Imperador voltou a artilheria do Brasileirão junto com Diego Tardelli, do Atlético-MG.

Perdendo por 1 a 0, o Santos foi para cima, mas esbarrava, principalmente, nos passes errados de Germano e na má atuação de Triguinho. Aos 20 minutos, Triguinho levantou a bola na área rubro-negra, Ganso caiu e o juiz deu pênalti de Aírton. O próprio Ganso foi para cobrança, mas Bruno defendeu. Os jogadores do Fla reclamaram muito da marcação do árbitro Nielson Nogueira Dias.

- Teve um pênalti que acho que não aconteceu, mas o Bruno pegou maravilhosamente bem. Acho que não foi falta para pênalti, mas o juiz marcou - disse Petkovic na saída para o intervalo.

Na segunda etapa, o Flamengo voltou com o freio de mão puxado e o Santos começou a crescer na partida. Luxemburgo aproveitou o intervalo para fazer duas alterações. As entradas de Léo na vaga de Triguinho e de Felipe Azevedo no lugar de Rodrigo Mancha, fizeram com que o Peixe começasse a mandar na partida. O Fla só conseguia criar em arrancadas do Adriano, que por duas vezes quase ampliou o placar. Em uma delas, aos 17 minutos, o Imperador arrancou pela esquerda e acertou um tiro na trave.

Aos 28 minutos, o árbitro achou outro pênalti para o Santos. Desta vez, André caiu na frente de Álvaro dentro da área e o juiz marcou falta. Ganso foi novamente para a cobrança e Bruno, novamente defendeu. Após perder o pênalti, o Santos ainda tentou criar algumas jogadas, mas vibrante, o Flamengo conseguiu segurar o resultado até o fim.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 1 X 0 SANTOS

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 31/10/09 - 18h30 (Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Jossemmar José Diniz Moutinho(PE) e Luciano José Coelho Cruz (PE)
Cartões amarelos: Léo Moura, Maldonado e Ronaldo Angelim (FLA) Triguinho e Adaílton (SAN)
Cartões vermelhos: -

GOL: Adriano, 6'/1°T (1-0)

FLAMENGO: Bruno, Léo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Maldonado, Willians (Toró, 33'/2ºT) e Petkovic (Fierro, 38'/2ºT); Zé Roberto (Welinton, 47'/2ºT) e Adriano. Técnico: Andrade.

SANTOS: Felipe; Pará, Eli Sabiá, Adaílton e Triguinho (Léo, intervalo); Rodrigo Mancha (Felipe Azevedo, intervalo), Rodrigo Souto, Germano e Paulo Henrique Ganso; Jean (Madson, 19'/2ºT) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

FS com LN

Nenhum comentário: