terça-feira

Apesar do discurso humilde, Fla pode chegar à liderança na quarta

Enquanto comissão técnica e jogadores continuam adotando um discurso humilde em relação às chances que o Flamengo tem de conquistar o título do Campeonato Brasileiro, os números estão aí para mostrar que o Rubro-Negro tem possibilidades de chegar na liderança da competição já na próxima rodada.

Para que isso aconteça, o time precisa vencer o Barueri fora de casa, o líder Palmeiras tem que perder para o Goiás (e o Flamengo tirar três gols de diferença do saldo), São Paulo e Internacional — que se enfrentam no Morumbi — têm que empatar e o Atlético precisa perder do Flu, no Maracanã.

Image and video hosting by TinyPic

Ganhando o confronto de quarta e acontecendo um empate entre São Paulo e Inter, a equipe do técnico Andrade já pode dormir na liderança do campeonato, já que o Atlético-MG e o Palmeiras só entram em campo na quinta-feira.
Enquanto a torcida rubro-negra vibra com a boa fase e já sonha com o hexacampeonato, o elenco e seu treinador adotaram uma postura bastante cautelosa, querendo afastar o famoso ‘oba-oba’.

“O objetivo do Flamengo ainda é entrar no G-4. O campeonato está bastante embolado. Sabemos que estamos a apenas três pontos do líder, mas não estamos dentro do G-4, ainda temos de correr atrás. Estamos com muita motivação e ansiedade também. O Flamengo está correndo por fora”, afirmou o goleiro Bruno, que citou o equilíbrio da competição na reta final.

“O campeonato vem afunilando, e a cada jogo que passa a responsabilidade aumenta. É uma competição disputada, a equipe que tiver mais equilíbrio daqui para frente vai ser campeã”, avaliou o camisa 1.
Ronaldo Angelim, que retorna ao time no próximo jogo, também foi comedido nas palavras e não quis falar em título. No entanto, reconheceu que, ao contrário da última rodada, a próxima pode ser muito favorável para o Flamengo.

“Como tem um jogo entre São Paulo e Internacional, se a gente ganhar entra no G-4, que é o nosso objetivo. Estamos focados, mas ainda não é fácil, sabemos que essa competição é difícil e vamos ter que lutar muito”, disse Angelim.

FS com ODOL

Nenhum comentário: