quarta-feira

Respeito é bom à torcida do Fla


Após polêmicas, rubro-negros de Goiânia prometem festa no Serra Dourada

Jogadores, diretoria e comissão técnica podem ter certeza: não vai faltar apoio incondicional da torcida goiana do Flamengo, nesta quarta-feira, no duelo com o Goiás, às 21h50, no Serra Dourada.

Principalmente depois da polêmica declaração de Hélio dos Anjos, técnico do Goiás, que disse sentir vergonha dos goianos que torcem para clubes de outros estados e não para o futebol local. A frase causou mal-estar na Gávea e a diretoria emitiu nota oficial condenando a sua posição.

– Da nossa torcida, 80% são de fora do estado do Rio. Em Goiás, por exemplo, só perdemos na capital. No restante do estado, somos maioria. Então é uma grande bobagem o que esse cara (Hélio) falou – diz Mário Cruz, vice de planejamento do Flamengo e coordenador do Embaixadas da Nação.

Criado no ano passado, o projeto tem como objetivo filiar ao clube torcedores sem ligação com organizadas que se unem para apoiar o clube. Até o momento, 18 foram oficializadas pelo Flamengo e no sábado mais 16 serão nomeadas.

Em Goiás, ainda não existe uma torcida credenciada nesse projeto. Mas quatro já tentam a vaga. Uma delas é de um grupo de amigos, liderado pelo engenheiro Raphael Vignoli.

– Faltou responsabilidade ao Hélio. Ele fechou uma porta e duvido que um dia ele vá trabalhar no Fla – disse Raphael.

Outro grupo querendo ser escolhido para o projeto é o pessoal da Fla-Goiânia. Seu presidente, Marco Aurélio Dias, garante que a torcida local não irá vaiar o time, como no Maracanã, o que fez o lateral Léo Moura proferir xingamentos após o gol que marcou contra o Náutico, criando nova polêmica com a Nação.

– A festa da nossa torcida não é só nesse jogo, mas em toda vez que o Flamengo joga. É justamente por essa grande festa rubro-negra que o Hélio dos Anjos protestou. Ele sabe que a torcida vai dar um show. Reclamando ou não, ele terá de respeitar nossa força – disse Dias.

LN

Nenhum comentário: