sábado

Cofres do Fla ganham um gás



Clube receberá R$ 12 milhões por conta de posto de gasolina no seu terreno, e Petkovic libera R$ 1, 1 milhão das penhoras de renda


O Flamengo perdeu a chance de acertar um novo patrocínio, mas ganhou um combustível financeiro. O clube, que esteve muito perto de fechar com a Cosan — um dos maiores produtores de açúcar e etanol no mundo e responsável pela Esso — receberá em breve R$ 12 milhões da empresa por conta de um posto de gasolina que estava no terreno do clube. Outra notícia favorável para os combalidos cofres vem da boa vontade de Petkovic, que renegociou a penhora de cerca de R$ 1, 1 milhão de rendas de jogos do Rubro-Negro.

“O clube receberá R$ 12 milhões pelas multas, agora vamos aguardar o pagamento. A dívida era da Esso, que foi comprada pela Cosan, responsável agora pelo pagamento. O caso está há um bom tempo na Justiça, mas o martelo foi batido”, afirmou o vice jurídico do clube, Adalberto Ribeiro.

Quando negociava com a Cosan para estampar a marca Esso na camisa, os dirigentes envolvidos na negociação admitiram abater os R$ 12 milhões das parcelas mensais de R$ 20 milhões a que o clube teria direito. Apesar da boa notícia, o dinheiro ainda não tem data certa para pingar na conta do Rubro-Negro. Na Gávea,os cartolas festejam o resultado da ação judicial, pois receberão a bolada e seguirão com a camisa limpa, pronta para ser negociada com outra empresa.

O clube corre contra o tempo para acertar o novo patrocínio. Empresas como Carrefour, Vigor, Oi, Nestle e até Brazilian Foods (fusão da Sadia com a Perdigão) teriam demonstrado interesse. O Banco Santander, que assim como a Cosan esteve próximo do acerto, desistiu da negociação no início da semana.

Outro motivo para aliviar a asfixia financeira também foi festejado. Além de renegociar a dívida de R$ 18 milhões com o clube — o valor caiu para algo em torno de R$ 10, 4 milhões —, Pet aceitou incluir no parcelamento da dívida penhoras que conseguiu na Justiça.

Cerca de R$ 1, 1 milhão de penhoras de rendas de jogos do Flamengo que estavam numa conta prontos para serem sacados por Pet, foram liberados para o clube, que irá parcelar com o restante da dívida .

[O Dia]

Nenhum comentário: