domingo

Fla: gols de muitos e vitórias no fim


Rubro-negro chegou aos triunfos no segundo tempo; oito jogadores já balançaram as redes


O Flamengo é o único time 100% no Estadual do Rio de Janeiro. E a campanha do Rubro-negro na Taça Guanabara tem alguns fatos curiosos. Nas cinco primeira rodadas, o time só chegou às vitórias no segundo tempo e só no jogo contra o Macaé, no último sábado, dia 7 de fevereiro, que um jogador conseguiu marcar o segundo gol no campeonato.

Até o último sábado, oito jogadores do Flamengo tinham anotado pelo menos um gol no Estadual. Mas coube ao criticado Marcelinho Paraíba e ao recém-chegado Zé Roberto pularem na frente na disputa pela artilharia. Para o técnico Cuca, a divisão dos gols mostra a força do grupo rubro-negro e que todos têm a mesma importância para o time.

Apesar dos 100% de aproveitamento, o Flamengo encontrou dificuldades na maioria dos cinco jogos que fez. Apenas a goleada sobre o Mesquita destoou da realidade da equipe neste início de temporada. O Rubro-negro corre até o final para conquistar as vitórias, literalmente.

Na estreia contra o Friburguense, o Flamengo chegou ao gol da vitória com Juan, aos 12 minutos do segundo tempo. Em seguida, o Rubro-negro perdia para o Bangu até os 40 minutos da etapa final, mas conseguiu a virada. Contra o Volta Redonda, coube a Josiel marcar o gol da vitória a quatro minutos do fim. Com o Mesquita, a goleada só aconteceu no segundo tempo, já que o primeiro tempo terminou empatado. No último jogo, o Macaé segurava o empate até o final, mas Zé Roberto garantiu mais três pontos “suados” e classificou o Flamengo para as semifinais com duas rodadas de antecipação.

O técnico Cuca procura não destacar o “sofrimento” para derrotar os chamados “pequenos” e afirma que, apesar das dificuldades, o Flamengo chegou ao seu objetivo. “O importante é vencer, são os três pontos. Quem não passa dificuldades mais no Estadual? Nós conseguimos a classificação e com méritos”, disse o treinador após o jogo.

Para a próxima rodada, quando enfrentará o Boavista, Cuca já confirmou que irá poupar alguns jogadores. Mas, mesmo se quisesse, o técnico não poderia contar com Ibson e Willians, suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo contra o Macaé.

(JD)

Nenhum comentário: