terça-feira

Presidente Marcio Braga, o que errou desbragadamente (Por Hélio Fernandes)


Deixou a presidência e mandou carta, exaltando o próprio ego, e exagerando na prática da “menas” verdade. Garante: “Fui o presidente mais vitorioso da história do clube”. Se projetarmos o tempo em que ficou, a proporção será contra ele. No título de 2009, licenciado, não teve a menor participação, nem na mente nem no coração, este apenas clinicamente.

Também declarou: “Meus últimos trabalhos foram dois contratos de patrocínio, um de 25 milhões, já assinado e mais 15 que virão”. Aceitemos. Só, que como deixa DÍVIDA DE 333 MILHÕES, esses 40 milhões, não cobrirão nem os juros.

Patrícia Amorim vai sofrer para reverter a situação. O “comprometimento” geral de tudo no Flamengo, é criminoso, espantoso, perigoso e vertiginoso. Sorte, Patrícia, e muita competência, nenhuma concessão.

PS – Nem falei do déficit operacional, que levou a dívida a esse total inimaginável. Se esse déficit não for contido, na fonte, chegará rapidamente a números mirabolantes. O que é um absurdo se tratando de um clube, (a Nação rubro-negra) com potencial de faturamento incalculável.

FS com TI - Hélio Fernandes

Nenhum comentário: