quinta-feira

Bruno: 'A pressão é grande e o bicho deles é de R$ 10 mil'


No domingo e segunda-feira, Bruno foi para Belo Horizonte curtir os dias de folga. Mas nos momentos de lazer e a passagem que teve no Atlético-MG fizeram o goleiro ter ainda mais certeza do clima de decisão no Mineirão. O camisa 1 disse que sofreu pressão dos torcedores mineiros e lembrou que, em jogos como esse, o presidente do Galo, Alexandre Khalil, costuma ir ao vestiário e oferecer R$ 10 mil de ‘bicho’ para cada jogador. Além disso, Bruno destacou a pressão da torcida. Diante do clima de final, ele evitou até mesmo telefonar para seus amigos de Minas Gerais, como Diego Tardelli.

“Estava em Belo Horizonte e, nas ruas, torcedores já me questionavam, diziam ‘quero ver’. No Mineirão, é complicado. A torcida do Atlético é como a do Flamengo, empurra o tempo todo, transforma em caldeirão. Além disso, os dirigentes colocam a premiação lá no alto. Em jogos assim, o bicho é de R$ 10 mil”, disse o goleiro.

Para amenizar o clima de rivalidade, Bruno deixou até o telefone celular de lado: “Além do Tardelli, tenho muitos amigos lá, mas não liguei para ninguém, deixa eu ficar quietinho”. Os dirigentes acreditam que não haverá problemas extracampo no domingo.

FS com MH

Nenhum comentário: