sábado

Fla recebe quase R$ 1 milhão por formação de dois jogadores, diz jornal



Clube pleiteia na Fifa e consegue receber parte dos valores das negociações na Europa de Felipe Melo e Alanzinho


O Flamengo conseguiu um importante reforço de caixa nos últimos dias. O clube, representado pelo advogado Eduardo Carlezzo, pleiteou na Fifa e obteve o direito de receber um total de € 344 mil (R$ 972,1 mil) pelas negociações na Europa que envolveram seus ex-jogadores Felipe Melo e Alanzinho.

De acordo com a coluna "Panorama Esportivo", publicada na edição deste sábado do jornal "O Globo", por ser formador dos dois jogadores, o clube rubro-negro teve direito a receber € 174 mil (R$ 491,7 mil) do Fiorentina pela compra do volante Felipe Melo do Almería, da Espanha, em 2007, e € 170 mil (R$ 480,4 mil) do Trabzonspor, da Turquia, que adquiriu o desconhecido meia Alanzinho do Stabaek, da Noruega, em janeiro.

Embora Felipe Melo, que atuou no Flamengo até 2003, seja mais famoso, atue em um centro mais importante do futebol e ter sido convocado por Dunga para a seleção brasileira nas últimas partidas, a diferença de valores foi bem pequena para Alanzinho, que foi dispensado pelo clube rubro-negro em 2005. O clube turco pagou ao norueguês € 3,9 milhões (R$ 11 milhões) para ter o meia.

Segundo a coluna, o Flamengo pode faturar mais € 213 mil (R$ 602 mil) por dois jogadores dispensados em 2007. O zagueiro Pedro Henrique e o atacante Severino, ambos de 22 anos, foram vendidos pelo Vetra, da Lituânia, para o Illichivets, da Ucrânia, e o Suduva, também da Lituânia, respectivamente.

[GE]

Nenhum comentário: