terça-feira

Juan se defende: 'Eu não agredi ninguém'



Lateral-esquerdo do Fla comenta jogada polêmica com Maicosuel


Apesar de toda emoção do clássico de domingo entre Flamengo e Botafogo, que terminou empatado por 2 a 2, o lance mais comentado foi o da falta dura de Juan em Maicosuel, seguida de um esporro que o lateral-esquerdo deu em seu oponente, sugerindo que este queria humilhá-lo. O jogador rubro-negro se defendeu nesta segunda-feira e acredita que o ocorrido faz parte da competitividade do futebol.

- Eu não agredi ninguém. São situações que acontecem em jogos. Vários jogadores batem-boca. Foi uma falta dura, mas eu visei a bola. Ele foi mais rápido do que eu e conseguiu tirar a bola. O que eu falei foi para ele não fazer gracinha. Se analisarmos friamente, é apenas um lance de jogo. Na hora, achei que deveria cobrar e foi o que eu fiz. - declarou.

Sobre o fato de ter prometido fazer nova falta em caso de mais uma investida ousada de Maicosuel, Juan garante que não passou de um aviso, pois ele não colocaria o time com um homem a menos em um momento tão decisivo:

- É claro que eu não ia dar de novo. Não sou burro. Já tinha cartão amarelo e não ia correr risco de ser expulso. Pode ver que depois deste lance não fiz mais faltas. Mas tenho de deixar claro nisso tudo que ele também me provoca. Para mim tudo se resolveu ali. Não tem clima tenso ou de vingança.

[Lance]

Nenhum comentário: