segunda-feira

Kleber Leite pede calma, reflexão e garante: ‘O treinador continua firme’



Dirigente acompanha Cuca na entrevista coletiva e coloca um ponto final nas dúvidas sobre a continuidade do trabalho



Bastou o apito final de Luiz Antônio dos Santos para o telefone de Kleber Leite não parar de tocar. Do outro lado da linha, a pergunta dos jornalistas se repetia: “Cuca segue no comando do Flamengo?”. Para colocar um ponto final na questão, o dirigente fez questão de acompanhar o treinador na entrevista coletiva após a derrota por 2 a 0 para o Vasco e decretou:

- O momento é de calma, reflexão e trabalho. Não há mudança alguma. O trabalho continua. Temos jogo na quarta-feira (contra o Madureira), o treinador continua firme, não há problema e precisamos que o torcedor continue nos apoiando.

O anúncio não pegou Cuca de surpresa. Antes de entrar na sala de entrevistas, ele foi chamado pelo próprio Kleber para conversar juntamente com Plínio Serpa Pinto. Respaldado, o comandante tentou mostrar segurança.

- O meu trabalho é avaliado em cima do que eu faço no dia-a-dia, pela minha integridade, pelo respaldo dos jogadores, ambiente... Às vezes saem coisas que não são verdadeiras. Ninguém quer derrubar ninguém. O time não é de perder, mas acontece. Vai trocar o treinador em cima de derrota? Não. Temos chances de conquistar o título.

Com sete pontos em 12 disputados, o Flamengo é o terceiro colocado do Grupo B da Taça Rio e encara o Madureira, quarta-feira, às 16h, em Édson Passos, pela quinta rodada da competição.

[GE]

Nenhum comentário: