sexta-feira

Representante de Bruno Paulo diz que oferta do Fla não foi aceita


Mesmo assim, ele crê que em nova reunião valores podem se igualar

A extensão de contrato de Bruno Paulo já toma ares de novela. Há um mês sem ser relacionado para os jogos do time profissional, a promessa do Flamengo, orientada por seu representante, Pedro Pereira, recusou a oferta feita pela diretoria na terça-feira para que o vínculo, que se encerra em janeiro, fosse prolongado antecipado.

- A proposta ficou abaixo do esperado por mim e pelo jogador. Entre hoje e segunda-feira vamos fazer uma nova reunião. Bruno quer ficar, mas por ser um contrato de cinco anos tem que ser melhor avaliado. Falta pouco, acredito que no próximo encontro tudo se arrume - ponderou o agente.

Vale lembrar que Marcos Braz, vice-presidente rubro-negro, classificou a primeira pedida como absurda. Pedro Pereira confirmou que busca uma valorização pela boa perfomance do meia-atacante nas três partidas que fez. E tornou a alfinetar o estilo de o clube trabalhar.

- Nós conhemos a política do Flamengo, que prefere pagar muito caro por jogadores de fora do que valorizar a base - lembrou.

O motivo de tantas negociações é que, por lei, Bruno já pode até assinar um pré-contrato com outro clube, uma vez que faltam menos de seis meses para o término do que está vigente. E, para preservá-lo, a diretoria resolveu impedi-lo de jogar enquanto não definir a situação.

LN

Nenhum comentário: