sexta-feira

Pela primeira vez, Flamengo admite que luta para fugir do rebaixamento


Léo Moura conta que jogadores pensam em fazer primeiro os 47 pontos para escapar da Segunda Divisão. Andrade liga sinal de alerta

A megalomania da presidência não atingiu os jogadores. Em vez de título, o grupo admite que o Flamengo luta, primeiro, para não sofrer com a ameaça de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Em 14º lugar na tabela, o Rubro-Negro tem uma sequência de três derrotas. O time está a sete pontos do G-4 e seis à frente da zona de rebaixamento.

- Temos que fazer as contas para chegar aos 47 pontos, primeiramente. Não adianta pensar lá em cima se não sair desta situação incômoda. Cada vez mais se distanciar da zona do rebaixamento – afirmou o lateral-direito Léo Moura.

O jogo contra o Santo André, neste sábado, no Maracanã, é considerado vital para o futuro da equipe. O técnico Andrade avisou que é hora de o Flamengo “cair na real”.

- Temos que ficar em estado de alerta. Se continuarmos parados mais dois jogos quem está embaixo vai nos alcançar. Se a gente se acomodar, o que está ruim ficará pior ainda. É hora de se mexer e buscar soluções. Três ou quatro jogos de vitórias e buscar o G-4. É possível – disse.

GE

Nenhum comentário: