segunda-feira

Mercado de contratações ferve no Flamengo


Corrêa está na mira. Dirigente nega procura por Ricardinho

À procura de reforços para repor as muitas lesões no elenco, o Flamengo já negociou com Marcos Assunção, do Al-Shabab (EAU), e agora tenta repatriar Corrêa, ex-Palmeiras que está no Dínamo de Kiev (UCR). O nome de Ricardinho também foi ventilado, mas negado pela diretoria rubro-negra.

Segundo o vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, o Flamengo negocia por enquanto apenas com Corrêa. Mas para conseguir trazer o volante por empréstimo precisará pagar cerca de R$ 460 mil ao Dínamo de Kiev. Já Marcos Assunção confirmou que existem conversas, mas o dirigente disse que estão paradas à espera da definição de Corrêa.

Sobre Ricardinho, Marcos Braz negou que haja negociações. O pai do jogador, José Luiz, disse que não foi procurado por ninguém do Flamengo e que não há nada.

Além dos nomes de reforços, o Flamengo também precisa se preocupar para não perder jogadores. O Flamengo deve receber até a manhã desta terça-feira uma proposta dos árabes do Al Ahli (EAU) por Emerson superior aos cerca de R$ 3,8 milhões oferecidos inicialmente. Além dele, Marcos Braz deve se reunir nesta terça com representantes de Bruno Paulo para discutir a renovação de contrato, que termina no início de 2010.

Veja o que Marcos Braz falou sobre os nomes ventilados nos últimos dias:

Corrêa
"É um jogador que interessa. Comecei a tratar dele juntamente com Lima, mas não evoluiu na mesma velocidade. Já conversamos com as pessoas necessárias para que se tente a liberação. Não é um jogador barato, mas vamos buscar uma composição financeira para trazê-lo. Ele já está há mais de três anos jogando fora e quer voltar. A vontade do jogador precisa prevalecer."

Marcos Assunção
"A negociação está parada. Tratei de alguns assuntos sobre ele, mas temos um orçamento curto e vamos esperar a situação do Corrêa. Ele não é uma segunda opção, mas temos de fazer tudo com calma."

Ricardinho
"É um grande jogador, tem história, mas nunca existiu nada. Uma pessoa que eu nem sei se tem esta autoridade nos ofereceu, mas não passou disso. Ele não foi procurado."

Emerson
"Nesta segunda à noite ou na terça devemos receber uma nova proposta pelo Emerson. Até o papel chegar às minhas mãos não comento mais nada."

Bruno Paulo
"A situação continua a mesma. Na terça-feira às 14h vamos ter uma reunião para tratar dele."

LN

Nenhum comentário: