segunda-feira

A incompetência e o amadorismo continuam na administração do Flamengo


Sem recursos, Delair espera quitar salários atrasados logo

A saída de jogadores caros mensalmente como Ibson, Jônatas, Obina e Josiel ainda não fez tanta diferença nos cofres do Flamengo. Ao menos em relação ao acerto no pagamento do grupo e dos funcionários, que seguem aguardando junho ser quitado. Mesmo sem indicar com que recursos o fará, o presidente em exercício Delair Dumbrosck espera ajustar a questão.

- Por esses dias, nós vamos agilizar esses pagamentos. Estamos buscando verba. Mas temos um entendimento com todos que o pagamento é no dia 25, portanto ainda há tempo - disse o mandatário atual, à Rádio Brasil, que não entrou em detalhes a respeito do restante da arrecadação do clube, sem os atletas que saíram.

- Prefiro não falar sobre isso, é uma questão da administração do Flamengo. Fizemos, sim, uma recente mudanças na folha salarial, em que saíram mais ou menos R$ 1,25 milhão e só repusemos algo em torno de R$ 500, R$ 550 mil - comentou.

LN

Nenhum comentário: