domingo

Grêmio goleia Flamengo no Olímpico. 4 a 1


Victor fecha o gol e garante goleada do Tricolor sobre Fla

Em uma partida marcada pelas grandes defesas do goleiro Victor, o Grêmio goleou o Flamengo no Olímpico, por 4 a 1 e continua sonhando com voos mais altos no Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Paulo Autuori não se intimidou com a presença de Adriano, que vinha fazendo bons jogos fora de casa e passou o adversário na tabela da competição. Os gols do Grêmio foram marcados por Perea, Réver e Jonas (duas vezes). Everton descontou para os cariocas.

O jogo começou bastante truncado, as duas equipes se estudavam bastante e parecia que seria um duelo equilibrado. Tanto que demorou 13 minutos até acontecer o primeiro lance de perigo. Jonas recebeu a bola fora da área, e de primeira, acertou um belo chute, para uma boa defesa de Bruno. No minuto seguinte, Jadilson foi até a linha de fundo e levantou a bola na área. Perea, que até então estava sumido, subiu mais do que a defesa rubro-negra e abriu o placar para o Grêmio.

O gol dos donos da casa mudou a cara da partida. Aos poucos, o jogo truncado começou a dar espaço para as jogadas em velocidades e bons lançamentos passaram a acontecer. Aos 25 minutos, após belo passe de Adriano, Everton invadiu a área e acertou uma bomba. Victor chegou a defender, mas a bola estava muito forte e acabou entrando.

Com 1 a 1 no placar, e o jogo equilibrado, foi a vez dos goleiros começarem a brilhar. Victor e Bruno fizeram uma série de defesas milagrosas. A mais importante foi do goleiro do Grêmio. Aos 34 minutos, Adriano ganhou o duelo com Rafael Marques, na direita, invadiu a área e, cara a cara com o goleiro, acabou perdendo um gol feito. Méritos para o arqueiro tricolor, que se posicionou bem e fechou o ângulo do Imperador.

A segunda etapa começou com o Grêmio melhor, as alterações táticas na equipe tricolor funcionaram e aos poucos o time da casa começou a dominar a partida. Aos 11 minutos, aproveitando uma desorganização no sistema defensivo rubro-negro, Réver arrancou pelo meio, passou por três adversários e chutou no canto de Bruno, que acabou falhando.

O gol do Grêmio desestabilizou o Flamengo, que começou a partir para cima da equipe gaúcha totalmente desorganizado. Aos 33 minutos, Emerson, assim como Adriano no primeiro tempo, recebeu uma bola cara a cara com Vitor e acabou parando na muralha tricolor. No minuto seguinte, para manter a máxima do futebol, Perea invadiu a área e foi derrubado por Aírton, o árbitro Paulo César Oliveira marcou pênalti. Jonas cobrou com categoria e fez o terceiro gol do Grêmio na partida. Aos 42 minutos o lance se repetiu. Desta vez, Joílson foi derrubado na área por David e o juiz marcou outro pênalti. Jonas foi novamente para a cobrança e balançou as redes do Flamengo pela quarta e última vez na partida.

Na próxima rodada, o Grêmio vai até a Vila Belmiro enfrentar o Santos, enquanto o Flamengo recebe o Cruzeiro, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO 4 X 1 FLAMENGO

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 16/8/2009 - 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Carlos Berckenbrock (Fifa-SC) e Marcelo Van Gasse (SP)
Cartões amarelos: Joílson, Túlio (GRE); Emerson, Willians, Adriano e David (FLA)
Cartão vermelho: Não houve.

GOLS: Perea, 14'/1°T (1-0); Everton, 25'/1°T (1-1); Réver, 11'/2°T (2-1); Jonas, 36'/2°T (3-1); Jonas, 42'/2°T (4-1).

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Leo, Rafael Marques e Jadilson (Bruno Collaço, Intervalo); Réver, Adilson, Túlio e Douglas Costa (Bruno Paulo, 14'/2ºT); Perea (Maylson, 45'/2ºT) e Jonas - Técnico: Paulo Autuori.

FLAMENGO: Bruno, David, Aírton, Ronaldo Angelim; Everton Silva (Denis Marques, 34'/2ºT), Willians, Lenon, Fierro (Camacho, Intervalo) e Everton; Emerson e Adriano - Técnico: Andrade.

LN

Nenhum comentário: