quinta-feira

Flamengo e Cruzeiro se enfrentam por returno melhor


Campeões estaduais, Flamengo e Cruzeiro chegaram com pinta de favoritos ao menos a duas das vagas para a Libertadores do ano que vem. Só que, agora, na virada do turno, a realidade é diferente. Por isso, o duelo, desta quinta-feira, às 21h, no Maracanã, tem gostinho de vida nova para ambos os clubes, em 10º e 14º, respectivamente.

Inconstante, o Rubro-Negro, comandado por Andrade, já esteve cotado para entrar no G4, já encheu o estádio algumas vezes e, mesmo que em raras ocasiões, deu bom espetáculo. Nada disso foi suficiente para que embalasse na competição, culminando com a goleada sofrida pelo Grêmio, por 4 a 1, no domingo.

- O Flamengo vem jogando bem, criando oportunidades, mas de vez em quando falha atrás. É normal por conta das mudanças, mas temos que acabar com isso. Temos saído atrás em muitos jogos e isso acaba dificultando, pois o desgaste fisico e emocional são grandes - analisa o técnico rubro-negro Andrade.

Em campo, como lembrou Andrade, são muitos desfalques. No meio não haverá nenhum titular. Léo Moura, Willians, Kleberson, Pet e Juan estão fora. Com isso, jovens como Everton Silva e Lenon precisam se firmar. A única dúvida é se põe Fabrício na zaga e empurra Aírton para o meio, ou, a menos provável, se escala Camacho e torna o time mais ofensivo.


O Cruzeiro encara o returno do Campeonato Brasileiro como a oportunidade final para tentar se recuperar de vez da perda da Libertadores e conseguir uma vaga na competição do ano que vem. O time de Adilson Batista tentará a segunda vitória seguida fora de casa. A Raposa, até o momento, somou apenas sete pontos longe de seus domínios.

Os jogadores estão atentos com o artilheiro do Brasileirão. O zagueiro Leonardo Silva pediu atenção de toda a defesa e, por ora, descarta travar um duelo particular contra o Imperador, que já marcou dez gols na competição.

- Acho que vai ser um grande jogo, Adriano é um jogador que vamos ter a máxima atenção, pela característica, por ser um jogador finalizador, de muito perigo dentro da área. Mas acho que o duelo maior vai ser entre Cruzeiro e Flamengo - frisou o cruzeirense.

Sem confirmar o time, Adilson Batista testou uma formação com três atacantes entre os reservas. O treinador, porém, não terá Guerrón que não foi regularizado na CBF a tempo de embarcar com a delegação ao Rio de Janeiro. O companheiro de ataque de Kléber deverá ser Thiago Ribeiro, jogador tem as características de velocidade que agradaram a Adilson.

Henrique também retornará ao meio-de-campo que terá Gilberto como armador, assim como foi no duelo contra o Santos, no domingo passado.

FLAMENGO X CRUZEIRO
Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 20/8/2009 - 21h (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

FLAMENGO: Bruno, David, Fabrício (Camacho), Ronaldo Angelim; Everton Silva, Aírton, Lenon, Fierro, Everton; Emerson e Adriano - Técnico: Andrade

CRUZEIRO: Fábio, Fabinho, Leonardo Silva, Thiago Heleno, Diego Renan; Fabrício, Marquinhos Paraná, Henrique, Gilberto; Thiago Ribeiro e Kléber - Técnico: Adilson Batista

O Globo

Nenhum comentário: