terça-feira

Fla vê a Sul-Americana como combustível para reagir no Brasileiro


Emerson avisa que é hora de começar a reação. Rubro-Negro precisa vencer o Flu para avançar no tempo normal

Se o Fluminense despreza, o Flamengo não virou as costas para a Copa Sul-Americana. O técnico Andrade escalará a força máxima disponível no clássico de quarta-feira, e os jogadores veem a competição como oportunidade ideal para o início da reviravolta que se estenderia ao Campeonato Brasileiro.

A coleção de três derrotas seguidas, um gol feito e nove sofridos incomoda. Nem os desfalques amenizam a situação.

- Temos que rever nossos erros e começar a reagir. Senão fica difícil. E um Fla-Flu é sempre para isso – disse o atacante Emerson.

No jogo de ida da Sul-Americana, o Flamengo poupou dois jogadores (Adriano e Ronaldo Angelim) para enfrentar os reservas do Tricolor. Apesar de melhor durante quase toda a partida, o Rubro-Negro empatou por 0 a 0 e precisa vencer nesta quarta para avançar no tempo normal. Um empate a partir de 1 a 1 dá a vaga ao Flu.

- A torcida na aceita perder um clássico e nem a gente. Temos que vencer para dar moral e levantar o nosso astral – afirmou o zagueiro David.

GE

Nenhum comentário: