quinta-feira

Jorginho confirma proposta do Fla, agradece e indica Andrade


Auxiliar de Dunga, porém, avisa, que vai treinar o clube do coração um dia

Auxiliar-técnico de Dunga na Seleção Brasileira, Jorginho confirmou que foi procurado pelo Flamengo nos últimos dias e, segundo ele, chegou a receber uma proposta para assumir o comando do time, após a saída de Cuca. O compromisso atual, porém, o fez agradecer e indicar Andrade para o cargo.

Ainda segundo Jorginho, que jogou pelo clube na década de 1980, a ideia da diretoria rubro-negra era mesmo tê-lo dividido entre os preparativos para a Copa do Mundo e o trabalho diário no Rubro-Negro.

- Conservei muito com o Marcos (Braz, vice-presidente de futebol) a respeito disso, mas eu me conheço. Não conseguiria me concentrar 100% nas duas tarefas, até porque são muito delicadas. Não é o tipo de desafio que eu gostaria de encarar pelo Flamengo. Um dia vou treinar o time, mas só depois da Copa tocarei minha vida. Dei minha palavra ao Dunga e vou cumpri-la - disse ele, em entrevista à Rádio Itatiaia.

A versão da nova cúpula do futebol na Gávea é de que houve apenas uma consulta. Desde o início, Marcos Braz sabia que seria algo muito difícil e, primeiramente, quis saber a disponibilidade de Jorginho. Por essa razão, nem teria discutido valores.

- Há a tendência é trazer alguém que não esteja trabalhando. Mas é claro que existem aqueles cujo compromisso é mais fácil de rescindir. O caso do Jorginho não é um deles - conformou-se o vice-presidente de futebol.

Depois da recusa, Jorginho deu boas referências sobre o interino Andrade.

- Talvez ele seja a pessoa mais indicada e motivada para o cargo. É a hora dele. Conhece o grupo como poucos, tem respeito e muita capacidade. Eu gostaria muito de ajudar, até junto com ele, mas ficaria uma semana fora agora em agosto, mais duas em setembro... e os jogadores teriam dificuldade em entender quem está no comando - explicou o auxiliar de Dunga.

Com mais esta confirmação, fica claro que o objetivo do Flamengo é trazer um profissional - além de "jovem e moderno" - identificado com o clube. Mesmo caso de Zinho, comentado nos bastidores, e que está empregado em Miami, nos Estados Unidos, e até de Carpegiani, do Vitória.

Nesta quarta-feira, Geninho, do Náutico, foi outro a assegurar que recebeu oferta. Este já é de outro estilo, parecido com o de Parreira e Emerson Leão, ex-Sport, bem mais experientes.

LN

Nenhum comentário: