segunda-feira

Flamengo está conformado em perder Ibson



Diretoria admite que permanência de jogador não será tarefa fácil


O Flamengo já parece se dar por vencido em sua tentativa de manter o volante Ibson. A recusa do Porto em relação à proposta rubro-negra de compra dos direitos econômicos do jogador deixou a diretoria do clube num beco sem saída.

O vice de futebol, Kléber Leite, já não demonstra tanta confiança na permanência de Ibson, mas garante que o assunto voltará a ser tratado nesta segunda, com todas as partes envolvidas.

O Flamengo ofereceu por volta de 3,2 milhões de euros (cerca de R$ 8,7 milhões). No entanto, a dívida do Flamengo com o Porto ainda em relação ao empréstimo – cerca de R$ 950 mil – é o maior agravante para que os portugueses não se disponham a negociar outra vez.

Segundo Kléber Leite, o Flamengo se esforçou ao máximo financeiramente para a manutenção de Ibson. Portanto, não há possibilidade do oferecimento de um valor mais alto para ter o jogador em definitivo.

– É muito pouco provável que o Flamengo faça outra proposta, pois chegamos ao nosso limite. Não há mais o que fazer neste sentido. Não estou otimista nem pessimista. O difícil é que não depende só da gente – declarou Kléber Leite.

A ideia inicial do Flamengo ao tentar comprar os direitos de Ibson era de fechar contrato por cinco anos. Caso não concretize a permanência do jogador – que a partir de hoje volta a pertencer ao Porto –, é possível que o Rubro-Negro busque um reforço para a posição. Nesta terça, na reapresentação da equipe, o técnico Cuca já não deve ter Ibson à sua disposição para os treinos.

[Lance]

Nenhum comentário: