sábado

Fla completa mil jogos no Brasileirão



O dia de amanhã será histórico para os rubro-negros. Diante do Santos, na Vila Belmiro, o Flamengo atingirá 1.000 jogos pelo Campeonato Brasileiro e se tornará o primeiro time da História a alcançar a marca.

Apesar de ter iniciado a trajetória com tropeço por 1 a 0 diante do Sport, em 8 de agosto de 1971, o Flamengo contabiliza em 999 partidas, 416 vitórias, 276 empates e 307 derrotas. Foram 1.381 gols feitos contra 1.131 sofridos, saldo positivo de 250 gols e ainda cinco títulos nacionais: 1980, 1982, 1983, 1987 e 1992.

O primeiro veio em cima do Atlético-MG, no Maracanã. Após ter perdido por 1 a 0, no Mineirão, o time de Zico descontou em casa. Diante de 154 mil torcedores, o Flamengo venceu por 3 a 2 (dois gols de Nunes e um de Zico) e levantou o inédito caneco. Em 1982, a conquista do bi veio em cima do Grêmio. Após empate em 1 a 1, no Maracanã, e 0 a 0, no Olímpico, os dois times foram para o tudo ou nada e o Flamengo levou a melhor com Nunes: 1 a 0.

Em 1983, o Santos foi a vítima da vez. Na decisão, no Morumbi, os mandantes venceram por 2 a 1 e na volta, no Maracanã, os rubro-negros descontaram. Zico, Leandro e Adílio fizeram 3 a 0 e comemoraram o tri Brasileiro.

Em 1987, o polêmico título da Copa União. O Flamengo faturou o módulo verde, mas não fez a final com o Sport, ganhador do módulo amarelo. Portanto, a CBF não reconhece oficialmente o Flamengo como campeão nacional.
Após quatro anos, o pentacampeonato veio em 1992 em cima do Botafogo. Com a melhor campanha, os alvinegros só precisavam de dois empates. Mas, logo no primeiro embate, o Flamengo fez 3 a 0 (gols de Júnior, Nélio e Gaúcho) e inverteu a vantagem.

Na segunda partida, diante de 122 mil pagantes, o empate em 2 a 2 e mais uma conquista rubro-negra. A festa só foi ofuscada pela tragédia na arquibancada. Uma parte cedeu, centenas de torcedores caíram e três pessoas morreram.

Amanhã, num período conturbado, o Flamengo tem a difícil missão de conquistar uma vitória em seu milésimo jogo.

O Dia

Nenhum comentário: