domingo

Emocionado, Andrade desabafa: 'Vou lembrar do jogo por 50 anos'


Técnico interino ressalta dedicação dos atlets e lembra do amigo Zé Carlos

Na entrevista de sexta-feira, Andrade minimizou, a seu jeito, a tal escrita que o Flamengo não vencia o Santos na Vila. Porém, após a grande virada sobre o Peixe, conquistada neste domingo, com gols de Adriano e Pará (contra), o técnico interino não se conteve e, muito emocionado, foi às lágrimas na celebração.

- Foi uma grande vitória, um verdadeiro jogo para a História. Vou lembrar dele mesmo daqui a 50 anos. Sabíamos das dificuldades, de todos os problemas, mas conseguimos quebrar o tabu, e os jogadores foram brilhantes, não se entregaram em momento algum... - balbuciava Andrade, ainda no campo, que fez uma homenagem ainda mais especial.

- Dedico a vitória a meu grande amigo Zé Carlos, que não está mais entre nós - lembrou ele, em referência ao ex-goleiro do Flamengo, que foi companheiro de Andrade no fim da década de 1980, e morreu na sexta-feira, em decorrência de um câncer no abdômen.

O fato de o Rubro-Negro ter feito seu milésimo jogo na História do Campeonato Brasileiro também foi lembrado por quase todos, e deu um colorido maior a festa da delegação.

- Tinha que ser com vitória, né? Quanto ao tabu, ele nem era nosso, na verdade esse grupo, agora, está invicto há dois jogos contra o Santos, porque já empatamos da outra vez. Mas o importante foram os pontos para gente. Não se pode esquecer do Cuca e do Kléber (Leite, ex-vice de futebol), que participaram deste trabalho - conclamou Ronaldo Angelim.

LN


Nenhum comentário: