sexta-feira

A agonia de um ídolo



Três vezes campeão carioca, uma vez campeão brasileiro e também com um título da Copa do Brasil, o ex-goleiro do Flamengo, Zé Carlos está internado em estado gravíssimo no Hospital da Ordem Terceira da Penitência, na Tijuca. O ex-jogador luta contra um câncer que tomou conta de seu sistema digestivo. Segundo um médico que o atendeu em abril, no Hospital Pasteur, no Méier, a situação é irreversível.

- Ele já nos procurou com um câncer no abdomem, em estado avançado. Não havia mais nada a fazer – disse o doutor, que pediu para não ser identificado.
Depois de uma primeira entrada no hospital do Méier, Zé Carlos, segundo alguns amigos, praticamente desistiu de lutar pela vida. Em junho, o estado do ex-jogador se complicou e ele acabou internado na Ordem Terceira da Penitência.

José Carlos da Costa Araújo, nascido em 7 de fevereiro de 1962, começou sua carreira no Americano-RJ e no Rio Branco-ES. Chegou ao Flamengo em 1984, tornando-se titular dois anos depois. Além dos títulos conquistados pelo rubro-negro, ele entrou para a história ao se tornar o segundo goleiro a marcar um gol pelo clube, em 1997, contra o Nacional, na primeira fase da Copa do Brasil.

Também vestiu a camisa da seleção brasileira. Foi reserva de Taffarel na Copa do Mundo de 90. Também na condição de suplente, participou da campanha que lhe rendeu a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988.

Zé Carlos passou também por clubes portugueses, pelo Cruzeiro, Vitória-BA, XV de Piracicaba-SP, América-SP, e Tubarão-SC. Em 2006, ocupou a função de gerente de futebol do América em 2006, quando trabalhou com Jorginho, atual auxiliar de Dunga na seleção brasileira.

[youpode-Fred Soares]

Nenhum comentário: