quarta-feira

Não estou otimista quanto ao Ibson, admite diretor do Fla



Plínio Serpa Pinto é o diretor do Flamengo responsável por conseguir junto ao Porto a permanência do meio-campista Ibson na Gávea. O empréstimo do jogador se encerra no início de julho. Em Portugal, o dirigente admitiu dificuldades na negociação.

"Não estou otimista, mas ainda tenho alguma esperança", resumiu o diretor flamenguista, em entrevista ao jornal português A Bola. Para liberar Ibson, o Porto quer 4,3 milhões de euros, o que equivale a aproximadamente R$ 12 milhões.

Quem também tem interesse no futebol do meia é o Internacional. Ontem, o pai do jogador admitiu que o plano do jogador é continuar no Brasil e que o Colorado é um sonho para qualquer atleta. Principal investidor do clube gaúcho, o Grupo Sonda ajudaria na contratação.

[Espn]

Nenhum comentário: