domingo

FLAMENGO É BICAMPEÃO NACIONAL DE BASQUETE



Rubro-Negro fechou a série melhor-de-cinco em 3 a 2 após vencer o Universo/Brasília diante de sua torcida.


Linda festa rubro-negra na tarde deste domingo (28/6), na HSBC Arena, com a presença dos Presidentes Marcio Braga e Delair Dumbrosck. Com todos os ingressos vendidos antecipadamente (total de 15.430), o Flamengo venceu o Universo/BRB/Financeira Brasília por 76 a 68 (42 a 33) e fechou a série melhor-de-cinco do playoff final do NBB em 3 a 2. Com isso, o time de Paulo Chupeta conquistou o bicampeonato nacional e, de quebra, a tríplice coroa – Estadual, Liga Sul-Americana e a primeira edição do Novo Basquete Brasil. O cestinha da partida foi Marcelinho Machado, com 27 pontos. Pelo Universo/Brasília, Diego foi o destaque ao marcar 21 pontos.

O jogo começou tenso, com ânimos muito acirrados, o que acabou gerando duas expulsões (uma para cada lado), em menos de dois minutos de partida.

O primeiro quarto começou com Jefferson sofrendo falta e convertendo os dois lances livres. Marcelinho marcou a primeira cesta de dois e ampliou a vantagem rubro-negra para 4 a 0 quando começou a confusão. Cipriano e Baby se estranharam e acabaram expulsos pelo trio de arbitragem, o que acabou causando um enorme tumulto em quadra. A partida recomeçou com Jefferson arremessando cesta de três e abrindo 7 a 0 para o Flamengo. Estevam abriu o placar para o Universo com dois lances livres, Valtinho marcou de dois e Alex empatou o marcador com bola de três. Falta em Duda, que foi para a linha de lance livre e garantiu mais três pontos para a equipe da Gávea. Valtinho sofreu falta e diminuiu a diferença para um ponto, mas Duda voltou para a linha de lance livre onde converteu mais dois pontos. O placar voltou a ficar empatado após o Brasília fazer cesta de três. O jogo seguiu equilibrado, mas com o Flamengo impondo o seu ritmo e se mantendo na liderança do marcador.

A partida continuou tensa no segundo quarto. Marcelinho ampliou a diferença para oito pontos ao converter dois lances livres e, em seguida, garantir cesta de três. Diego, do Brasília, deu o troco com bola de três, mas o Flamengo revidou com cesta de dois. Os rubro-negros assumiram o controle do jogo e abriram uma vantagem de nove pontos, mas o time adversário estava disposto a estragar a festa e diminuiu para quatro. Marcelinho sofreu nova falta e converteu os dois pontos na linha de lance livre. Fernando Mineiro e Duda completaram com cestas de dois e de três, respectivamente, e a diferença foi para 11 pontos. O Brasília buscou reação a todo o momento, mas os rubro-negros levaram para o intervalo do primeiro tempo uma vantagem de seis pontos.

O terceiro quarto começou com duas cestas de dois para o Brasília, e a diferença caindo para dois pontos. Fred sofreu falta, foi para a linha de lance livre e garantiu mais um ponto para a Gávea. A reação do visitante surtiu efeito e o placar voltou a ficar apertado. O Flamengo teve trabalho para ampliar a diferença que chegou a ser de um ponto. Jefferson garantiu mais uma cesta de dois, mas Diego respondeu imediatamente. Duda, para alegria e alívio da torcida, arremessou de três, mas a diferença de um ponto voltou a assombrar os rubro-negros. Em linda jogada coletiva, Hélio colocou mais dois pontos para o Flamengo que voltou a ter quatro de vantagem. Valtinho marcou de dois e Wagner deu o troco na mesma moeda. Marcelinho ampliou a vantagem para seis ao marcar a última cesta do quarto.

O time de Brasília abriu o placar do quarto e último período com uma cesta de dois, de Estevam, que sofreu falta em seguida e converteu o lance livre de bonificação. Marcelinho sofreu falta e foi para dois lances livres convertidos com sucesso. Arthur, de dois, e Jefferson, também de dois, sustentaram o equilíbrio da partida. Quando a diferença chegou aos três pontos, Marcelinho entrou em cena para ampliar ainda mais o marcador rubro-negro. Estevam, livre de marcação, enterrou mais dois pontos para o Universo/Brasília. Mais uma vez, Valtinho conseguiu diminuir a diferença para um ponto após cesta de três. Jogo corrido e tenso, com as duas equipes buscando o título do NBB. O Flamengo voltou a abrir boa vantagem com cestas de Jefferson e Hélio. Faltando pouco mais de 44 segundos para o término da partida, nova confusão em quadra. Fred foi para a linha de lance livre, garantiu o primeiro, mas desperdiçou o segundo. Em seguida foi a vez do armador Hélio ir para a linha do garrafão. O camisa 5 da Gávea aproveitou somente o segundo arremesso, mas a vitória do Flamengo já estava assegurada

Valeu por toda a garra, dedicação, eficiencia e determinação depositadas ao longo dos 152 dias de competição. Parabéns ao excelente trabalho executado pelo vice-presidente do Fla-Olímpico, João Henrique Areias. O Flamengo é bicampeão brasileiro de basquete!!!

Períodos:
1º quarto: 19 a 17
2º quarto: 42 a 36 (23 a 19)
3º quarto: 57 a 51 (15 a 15)
4º quarto: 76 a 68 (19 a 17)

Jogadores/Pontos:
(4) Marcelinho: 27
(5) Hélio: 5
(7) Wagner: 3
(8) Fernando: 4
(9) Fred: 2
(10) Duda: 15
(17) Daniel: não jogou
(18) Jefferson: 16
(19) Ian: não jogou
(45) Coloneze: 2
(54) Alírio: 2
(55) Araújo: expulso

Playoff Final:
1º jogo: Universo/BRB/Financeira Brasília x Flamengo: 74 a 81
2º jogo: Flamengo x Universo/BRB/Financeira Brasília: 71 a 81
3º jogo: Flamengo x Universo/BRB/Financeira Brasília: 99 a 78
4º jogo: Universo/BRB/Financeira Brasília x Flamengo: 82 a 78
5º jogo: Flamengo x Universo/BRB/Financeira Brasília: 76 a 68

[Ag. Fla]

Nenhum comentário: