domingo

Fla-Flu dos matadores



Fazia tempo que um clássico carioca não reunia artilheiros com tanto poder de fogo. Companheiros no grupo que defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2006, Adriano e Fred, agora em lados opostos, são as principais atrações do Fla-Flu de hoje, às 18h30, no Maracanã. Os dois matadores já fizeram quatro gols cada no Brasileirão. Durante a semana, o goleiro rubro-negro Bruno colocou pimenta no duelo entre os artilheiros ao garantir que Adriano vai levar a melhor sobre Fred: "Sou mil vezes o Adriano. Ele é o Imperador e tem muitas glórias. Já fez muito pela nossa Seleção".

Apesar da declaração do capitão do Fla, a ordem tanto na Gávea quanto nas Laranjeiras é de evitar as provocações. Depois de, enfim, ter uma semana tranquila de trabalho, graças à excelente atuação na vitória sobre o Internacional por 4 a 0 no domingo passado, o Mengão entra em campo cheio de gás. E para alívio do técnico Cuca, Adriano foi ao clube todos os dias e melhorou sua condição física.

"Adriano perdeu um treino na terça-feira (porque sentia dores na coxa, mas recuperou na quarta, quando fez uma atividade à parte. Ele evoluiu, mas isso não quer dizer que fará três gols em todos os jogos", afirma o comandante rubro-negro. Do lado tricolor, o técnico Carlos Alberto Parreira - que terá hoje, pela última vez, o meia Thiago Neves - destacou a importância da vitória para espantar o clima conturbado que voltou a rondar o clube após a derrota para o Avaí na última rodada. "As Laranjeiras tremem às vésperas de um Fla-Flu. A atmosfera aqui é muito diferente quando os dois times se encontram. Lutamos pela nossa afirmação no Brasileiro. Estamos preparados para tudo", avisa Parreira, ressaltando que uma derrota pode deixar o clima muito tenso.

[MH]

Nenhum comentário: