segunda-feira

Diretoria tenta manter Íbson



Se o Imperador voltou a fazer a alegria da nação, as atenções da diretoria rubro-negra se voltam agora para a manutenção de Íbson no clube. O empréstimo do jogador se encerra no dia 4 de julho, mas o Flamengo espera conseguir adquirir os direitos federativos, que pertencem ao Porto. O problema é o valor pedido pelo clube português, que gira em torno de R$ 12 milhões.

Entretanto, o vice de futebol Kléber Leite esclareceu que o empresário de Íbson, Eduardo Uram, e próprio jogador já manifestaram o interesse de continuar na Gávea.

“Teremos várias reuniões nos próximos dois dias e até quarta-feira vamos dar uma posição sobre a engenharia que vamos fazer para manter o Íbson”, explicou o dirigente.

Kléber Leite elogiou a postura do jogador, um dos melhores em campo, principalmente porque Íbson não pode mais jogar o Brasileirão por outra equipe da Série A, já que completou sete jogos ontem pelo Flamengo, e o regulamento da competição só permite que se troque de clube com um atleta tendo disputado apenas seis partidas pelo mesmo clube.

“Isso mostra todo o carinho e o amor do Íbson pelo Flamengo. Sei da pressão e do assédio que ele sofreu nos últimos dias, inclusive do Porto, interessado em que ele fosse negociado, até com o Internacional. Mas em nenhum momento ele disse que ficaria fora da partida”, revelou o dirigente.

[O Dia]

Nenhum comentário: