segunda-feira

Cuca minimiza problema na hora do pênalti



Adriano e Juan queriam cobrar e Ibson foi a favor do lateral


Segundo o técnico Cuca, a conversa de Ibson com ele, após a cobrança do pênalti convertido por Adriano, não foi em causa própria. Ibson teria tentado mediar a situação criada entre o atacante e o lateral-esquerdo Juan, que era o cobrador oficial até a chegada do Imperador.

– Na verdade, tínhamos o Adriano de um lado, o Juan do outro e o Ibson era o juiz. No treino de sábado, o Adriano converteu oito cobranças e o Juan também. O Adriano tinha feito dois gols, nada mais merecedor do que ele pegar a bola para bater o pênalti. Isso é coisa mínima – explicou o técnico.

Na cobrança de pênalti, houve uma pequena discussão entre Juan e Adriano para definir quem iria cobrar. O lateral-esquerdo queria bater e Ibson o apoiou. Mas a torcida pediu e o atacante foi quem converteu a cobrança. Depois disso, Juan mostrou-se irritado com a situação.

Na saída de bola, Ibson ficou conversando com Cuca. Segundo o treinador, o jogador estava pedindo para ser substituído pois estava cansado.

[Lance]

Nenhum comentário: