segunda-feira

Cuca fala sobre Muricy: 'Ele me pôs em xeque'



Técnico diz que dormiu mal e que só sai do Flamengo se for demitido


Antes de falar sobre a vitória por 4 a 0 sobre o Internacional neste domingo no Maracanã, o técnico Cuca pediu a palavra para falar sobre as declarações de Muricy Ramalho de que ele estava cavando uma vaga no São Paulo. O comandante rubro-negro afirmou que não conseguiu contato com o ex-técnico do clube paulista, mas dormiu mal por causa do episódio.

– Sou fã e admirador incondicional dele. Tem todo o meu respeito, apesar de não termos uma amizade. Ele é mais vitorioso do que eu e não está acostumado com este momento (ser demitido). Tentei falar com ele, mas não consegui. Ele pôs em xeque o meu caráter. Dormi muito mal nesta noite. Só tenho a dizer ao Muricy que, se ter amizade com dirigentes do São Paulo é ruim, peço-lhe desculpas – afirmou o técnico, que fez juras de fidelidade ao Flamengo:

– Só saio do Flamengo quando o clube me demitir ou quando o Kléber Leite (vice de futebol) me liberar. Entendo o momento dele (Muricy). Não guardo mágoa, nem rancor. De repente, é picuinha que chegou de forma errada.

[Lance]

Nenhum comentário: