sexta-feira

Airton leva cinco jogos de gancho



Volante rubro-negro é suspenso por pisão em Ariel e só volta ao Flamengo contra no jogo contra o Botafogo


As vésperas do Fla-Flu, o Flamengo perdeu uma peça importante. Sem Ronaldo Angelim suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o treinador Cuca também não terá Airton. Julgado nesta sexta-feira, dia 26 de junho, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o zagueiro, que poderia pegar até 120 dias de suspensão, foi suspenso em cinco jogos após decisão por maioria de votos.

O flamenguista teve que voltar ao tribunal por conta de um novo pisão. Desta vez em Ariel, do Coritiba, que também foi expulso na partida entre as duas equipes pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro e não havia sido denunciado pela Procuradoria, o que mudou durante a sessão.

Assim como ocorreu na denúncia pelo pisão em Nilmar, do Internacional, em confronto pelas quartas-de-final da Copa do Brasil, Airton teve que responder por agressão física – artigo 253 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Porém, a infração foi desclassificada para atitude contrária à disciplina - artigo 258 do CBJD - e a suspensão, que poderia chegar a 540 dias, foi de cinco jogos.

Com a suspensão, Airton, além de ficar fora do Fla-Flu, inclusive por não ter tempo hábil para a defesa entrar com o pedido de efeito suspensivo, desfalcará o Rubro-negro nas partidas contra Vitória, São Paulo e Palmeiras. O volante só terá condições de retornar ao time na partida contra o Botafogo, no dia 19 de julho, pela décima segunda rodada do Brasileirão.

Durante a sessão, os auditores lembram que o volante rubro-negro foi julgado recentemente em lance semelhante. No entanto, durante a defesa, o advogado Michel Asseff Filho disse que foi um erro da Procuradoria relembrar o fato ocorrido anteriormente, até porque ele foi absolvido na ocasião.

[JD]

Nenhum comentário: