sexta-feira

A ‘Operação Adriano’

Image Hosted by ImageShack.us


A operação financeira apresentada para viabilizar o acerto com Adriano não passará só pelos novos patrocinadores que o Flamengo anunciará em breve.

Num primeiro momento, vem da Traffic o apoio financeiro que banca os salários do centroavante por um contrato de dois ou três anos.

Durante este período, a empresa fica com a maior parte dos direitos financeiros do jogador e empresta os federativos ao Flamengo, com cláusula liberando a transferência para o exterior no caso do surgimento de uma proposta acima de um valor estipulado em contrato.

No projeto entregue ao representante de Adriano, o jogador teria percentual considerável na venda de produtos desenvolvidos pela Olympikus, com o clube alinhando ações visando a sua recuperação física, psíquica e emocional.

Existe uma confiança grande de que Adriano possa se reencontrar com o bom futebol, retornar à seleção e recuperar seu valor financeiro.

Neste caso, ganha a empresa que bancará os salários, sobra um dinheiro para o Flamengo e o próprio jogador tem de volta a chance de assinar com um clube estrangeiro.

Gilmar Rinaldi, representante de Adriano, diz que a rescisão com a Inter de Milão não impede o retorno à Europa daqui a um ou dois anos.

Garante ter sido procurado por clubes do Brasil e do exterior, mas, segundo ele, o atacante sequer quis ou-
vi-los.

Moral da história: a tão propalada depressão de Adriano ainda vai lhe render bons momentos...

[Gilmar Ferreira-Extra]

Nenhum comentário: