segunda-feira

Kleberson: Fla fechado contra o Inter



Camisa 15 revela que rubro-negro só vai atacar na "boa", quarta-feira, em Porto Alegre


As críticas com relação ao jejum dos atacantes e a previsibilidade do esquema tático rubro-negro vem ficando cada vez mais frequentes a cada partida e entrevistas pós-jogo. Após o frustrante empate contra o Avaí, alguns jogadores mostraram irritação com as oportunidades perdidas e a falta de tranquilidade para definir a partida. De fala mansa e serenidade aparente, o meio-de-campo Kleberson veio na contramão dos discursos inflamados, pediu paciência e acabou revelando a estratégia do Flamengo para tentar voltar de Porto Alegre com a classificação às semifinais da Copa do Brasil. Resultado que deixaria o Flamengo a quatro jogos de conquistar mais um tricampeonato na temporada (o rubro-negro levantou a Copa do Brasil em 1990 e 2006).


"Nosso time ataca muito. Os dois laterais são bem rápidos e quando a bola não entra, acaba criando-se um pouco de ansiedade. Na hora do gol a jogada é muito rápida e tem que se pensar em segundos. O jogo contra o Inter é diferente. É um jogo decisivo e da nossa vida. Temos que entrar com muita vontade para poder ganhar, porque sabemos que o jogo não vai ser fácil. É importante saber defender, ficar fechado e aproveitar as oportunidades de gol. Precisamos marcar, pois terá um peso enorme nesse jogo", comenta.

[JS]

Nenhum comentário: