quinta-feira

Cabisbaixo, Cuca elogia equipe, mas lamenta os erros individuais



Para o treinador, o Flamengo merecia tanto quanto o Inter a vaga nas semifinais. Torcida agora fica pelo título colorado


O abatimento evidente de Cuca na entrevista coletiva após a derrota por 2 a 1 para o Internacional, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, dava o tom do clima do vestiário do Flamengo depois da eliminação na Copa do Brasil. Com a vaga nas mãos até os 44 do segundo tempo, o Rubro-Negro deixa a competição com a sensação de que era, sim, possível eliminar aquele que é aclamado como melhor time do Brasil. E foi com esse discurso que o treinador justificou o revés.

A satisfação com a atuação da equipe, no entanto, não fez com que Cuca deixasse de lado os erros individuais.

- Foi um grande jogo. Quem passasse se tornaria um candidato muito sério ao título. Pela forma como jogamos, poderia ser a gente. Erramos no primeiro tempo, o Inter aproveitou e fez o gol. Conseguimos o empate, mas aos 44 tínhamos uma bola dominada, erramos o passe, cometemos a falta, e Andrezinho cobrou com maestria. Mérito dele. Qualquer um que se classificasse seria merecido.

O treinador lamentou várias vezes o lance do gol que deu a classificação ao Inter e revelou que torcerá para que o Colorado conquiste a Copa do Brasil.

- Acho que a barreira poderia ter saltado no lance do gol, mas o pessoal se entregou de corpo e alma. Fomos aguerridos contra um time muito qualificado. Infelizmente, o Flamengo fica. Boa sorte para o Internacional. Torço para que seja campeão.

No próximo domingo, o Flamengo entra em campo pela quarta rodada do Brasileirão, domingo, às 18h30m, para enfrentar o Santo André, no estádio Bruno José Daniel, no ABC Paulista.

[GE]

Nenhum comentário: