quinta-feira

Adriano é recebido com tapete vermelho e papéis picados no campo da Gávea



Torcida enlouquece com a presença do 'Imperador do Rio' e não esquece de provocar Ronaldo


Festa maior, os rubro-negros só viram em 1995, quando Romário, após ser coroado o melhor jogador do mundo, chegou ao Flamengo em cima do carro de bombeiros. Nesta quinta-feira, após ser apresentado oficialmente no Salão Nobre do clube, Adriano foi ao campo para ser saudado por cerca de dois mil torcedores. Aos gritos de "O Imperador voltou" e uma chuva de papéis picados, ele entrou pelo tapete vermelho estendido no gramado da Gávea e agradeceu o carinho do seus "súditos".

- Obrigado, estou muito feliz de voltar para minha casa. Vocês me fizeram voltar a ser feliz novamente.

A presença do jogador enlouqueceu os torcedores, e alguns conseguiram furar o bloqueio pela tela e ficaram perto do ídolo. A confusão de pessoas e o batalhão de jornalistas em cima do atacante acabou encurtando o evento, que durou cerca de 15 minutos. Muitas pessoas que ficaram mais de uma hora esperando não esconderam a frustração com o curto contato. Na arquibancada, além dos tradicionais gritos entoados no Maracanã, os rubro-negros não esqueceram de Ronaldo e afirmaram que artilheiro de verdade é o Imperador.


Antes de o atacante chegar ao campo, um sistema de som animou a galera com o hino e alguns funks relacionados ao Rubro-Negro. Muitas pessoas levaram faixas de apoio ao jogador.

Cercado de seguranças, Adriano teve dificuldade para deixar o clube. Ao lado de amigos, conseguiu entrar no carro depois de muito custo e deixou a Gávea. Muitos torcedores, ainda encantados o retorno do "Imperador do Rio", ficaram no clube bastante tempo depois da saída do atleta.

[GE]

Nenhum comentário: