segunda-feira

TJD/RJ analisará lance de Juan



Falta e palavras ditas ao meia botafoguense Maicosuel podem render punição ao lateral do Flamengo


Os lances bonitos no futebol estariam com os dias contados. Essa pelo menos seria a visão de muitos jogadores, principalmente no Brasil, que não “admitem” ser driblados. O lance da vez aconteceu neste domingo, dia 26 de abril, no clássico entre Botafogo e Flamengo, pela primeira partida da decisão do Campeonato Carioca. Irritado com os dribles do meio alvinegro Maicosuel, o rubro-negro Juan parou o jogador com falta e ainda partiu para cima do adversário.


Aos 8 minutos do segundo tempo, Juan foi driblado por Maicosuel. Depois de deixar o adversário no chão, foi em cima dele e reclamou com o meia botafoguense, dizendo palavras que só os dois sabem. A verdade é que o árbitro Rodrigo Nunes Sá puniu o lateral-esquerdo do Flamengo com o cartão amarelo. Mas a coisa pode ficar pior, já que a Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ) prometeu analisar o lance.

“Vi o jogo e já solicitei à pessoa responsável por conseguir essas imagens que separasse o lance para que possamos analisá-lo. Não vi nada de mais em outros lances. Vamos assistir novamente a questão da falta sobre o Maicosuel e a reclamação do Juan. Só assim iremos decidir pela denúncia ou não quanto ao fato”, disse o procurador-geral do TJD/SP, André Valentim, em entrevista ao site Justicadesportiva.com.br.

Em caso denúncia, a possibilidade maior é de que Juan seja julgado por ato de hostilidade em relação ao adversário. O fato está descrito no artigo 255 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê suspensão de uma a três partidas. Mas uma possível denúncia não deve ser problema para ao segundo jogo, já que o julgamento só aconteceria depois do jogo decisivo do próximo domingo, dia 3 de maio.

[JD]

Nenhum comentário: