quarta-feira

TJD é cruel e dá gancho em rubro-negros



Cuca é punido por 30 dias e Bruno está fora da semifinal. Outros dois são punidos



O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD) não aliviou no julgamento dos jogadores do Flamengo nesta quarta-feira. O técnico Cuca, o goleiro Bruno, o lateral-direito Leonardo Moura e o volante Aírton foram suspensos. Willians também foi punido com uma partida, mas já cumpriu. O julgamento de todos foi por problemas no clássico contra o Vasco, pela quarta rodada da Taça Rio.

O maior prejudicado foi o treinador do Flamengo. Cuca foi julgado duas vezes no artigo 188 por ter sido expulso e depois por ter xingado o árbitro Luís Antônio Silva Santos. Ele foi absolvido no primeiro julgamento e depois punido por 30 dias, pena mínima, pelo xingamento.

E os problemas não param por aí. Bruno foi suspenso por dois jogos por jogada violenta no clássico. Ele está fora do Fla-Flu e da semifinal da Taça Rio.

Quem também está fora do clássico deste domingo contra o Fluminense são Léo Moura e Aírton. O lateral pegou duas partidas de suspensão e já cumpriu uma pela expulsão contra o Vasco. Já o volante foi punido em uma partida por ter dado um chute sem bola em Carlos Alberto.

Outro punido foi Willians. O volante foi suspenso em uma partida por infração do artigo 250, mas já cumpriu e pode enfrentar o Fluminense.

[Lance]

Nenhum comentário: