sábado

Mesmo distante, Tardelli não esquece o amigo e ex-parceiro Obina



Enquanto um brilha com muitos gols no Atlético-MG, o outro passa por momento difícil no Flamengo


No Campeonato Carioca do ano passado, eles foram decisivos na conquista do título pelo Flamengo com boas atuações e gols. Na final da Taça Guanabara, por exemplo, o primeiro turno no Rio, Tardelli brilhou na vitória sobre o Botafogo.

Na decisão do Estadual, sobre o mesmo adversário, ele e Obina construíram o placar de 3 a 1. Dois gols do segundo e um do primeiro. Como muitas duplas de ataque que se desfazem no futebol brasileiro, com eles não foi diferente. O Anjo Negro continua na Gávea, mas o parceiro defende o Atlético-MG.

Da capital mineira, Tardelli acompanha o desempenho do ex-clube. No último domingo, aproveitou para visitar os ex-companheiros antes da decisão da Taça Rio. Levou sorte, e o Fla ficou com o título. Para essa partida, Obina não ficou nem no banco de reservas. A notícia chateou o goleador do Galo.

- Fiquei muito triste quando soube que ele não estava relacionado. Torço muito pelo Obina, pois é um grande amigo e um ótimo jogador. Essa fase difícil vai passar – disse.

As fases dos dois também são muito distintas. Diego Tardelli é o artilheiro do Mineiro com 16 gols, além de ser o goleador do Brasil nesta temporada: marcou 20 vezes. Obina, por outro lado, não fez sequer um golzinho em 2009.

Neste domingo, enquanto estiver no campo do Mineirão para enfrentar o Cruzeiro pela decisão estadual, Obina estará como opção do técnico Cuca, no Maracanã, novamente contra o Botafogo. Se depender do pensamento positivo de Tardelli, o xodó da torcida rubro-negra vai voltar a brilhar na hora certa.

- Espero que ele possa participar desses jogos decisivos e ajude o Flamengo a ser campeão mais uma vez – afirmou.

[GE]

Nenhum comentário: