sábado

Josiel brigará por artilharia



Atacante do Flamengo diz que, além do título, também quer coroa de maior goleador do Carioca


Como o técnico Cuca ainda não confirmou a escalação do Flamengo para a partida contra o Fluminense, na semifinal de domingo, dia 12 de abril, pela Taça Rio, o atacante Josiel não sabe se será o principal responsável por balançar a rede adversária, mas já avisou que se for escolhido buscará ao máximo ajudar o Flamengo, mas sem esquecer da briga pela artilharia, também uma de suas metas.

“É importante fazer gols sempre, porque vivo disso. Ser campeão é objetivo principal, mas também acho importante ser artilheiro. Tem essa disputa com o Victor Simões (atacante do Botafogo) e espero fazer os gols para ajudar o Flamengo e também ser o artilheiro da competição”, disse Josiel durante a coletiva após o treino na manhã deste sábado, dia 11, na Gávea. Os dois jogadores lideram a briga com 11 gols, junto com Bruno Meneghel, do Resende, equipe já eliminada do Estadual.

Perguntado se tinha alguma superstição antes de entrar em campo, o jogador foi enfático: “não”. Porém, quando soube que na última vez em que o Flamengo havia sido tricampeão também tinha tido o artilheiro do campeonato – Edílson marcou 16 gols na campanha do título de 2001 –, o discurso mudou um pouco.

“De fato já tinha ouvido falar nisso. Não me ligo muito nisso, mas, quando a coincidência é boa, a gente procura acreditar”, disse o atacante, que não viajou com o grupo para Belém para enfrentar o Remo pela Copa do Brasil. “Foi bom ter ficado para me recuperar de algumas dores que vinha sentido

[JD]

Nenhum comentário: