domingo

Fla x Bota: Teste para cardíacos



Pelo terceiro ano seguido, Flamengo e Botafogo decidem o Campeonato Carioca. Hoje, às 16h, os dois times entram em campo no Maracanã para o primeiro jogo da final. Os dois treinadores apostam todas as fichas nesse primeiro confronto para construir vantagem no jogo decisivo do próximo domingo. Na Gávea, Cuca quer superar de vez o trauma dos vices. Em General Severiano, Ney Franco garante que sua equipe não vai repetir a péssima atuação da decisão da Taça Rio.

O capitão rubro-negro Fábio Luciano está acostumado a disputar decisões e destaca a importância da partida de hoje. "Vamos buscar o resultado já nesse primeiro jogo. Será uma partida disputada, mas vamos em busca da vitória", afirmou.

Além de empurrar o time, a torcida do Mengão tem outra missão: convencê-lo a adiar a aposentadoria. Ele admite que o coração ficou balançado depois do título da Taça Rio: "Prefiro deixar essa conversa para o outro domingo. Sou humano, tenho sentimento. Não sou um homem de gelo para me isolar diante dessas manifestações".

No lado alvinegro, Reinaldo admitiu durante a semana que teve a pior atuação de sua carreira na decisão da Taça Rio. Hoje, ele espera balançar a rede do ex-clube para fazer as pazes com a torcida do Fogão. "O primeiro jogo é o mais importante. A equipe que faz um resultado bom joga toda pressão para o outro lado", disse o camisa 7.

Criado na Gávea, Reinaldo fez parte do último tri rubro-negro e sabe a importância do título deste ano na Gávea. Ele pede cuidado redobrado com os destaques do rival. "Temos que ter atenção com Juan, Léo Moura, Ibson e Emerson, que conheço bem, porque joguei no Japão na mesma época que ele. Mas eles também precisam ficar atentos com a gente", garantiu.

[MH]

Nenhum comentário: