quarta-feira

Cuca segue pregando respeito a Maicosuel



Técnico do Flamengo compara clássico a um jogo de xadrez


Nem mesmo a discreta atuação de Maicosuel na final da Taça Rio – que aconteceu muito em função da excelente marcação individual de Willians – tira a preocupação de Cuca quanto ao camisa 10 do Botafogo para as duas partidas que decidirão o Campeonato Carioca.

O comandante rubro-negro comparou o confronto dos próximos dois domingos a um jogo de xadrez e considera Maicosuel como uma peça-chave na estratégia de Ney Franco.

Na visão de Cuca, o Flamengo não tem esta peça que faça a diferença, mas confia em todas as suas armadilhas para bater o Botafogo:

– Maicosuel foi bem marcado? Foi. Mas nem todo dia é assim. Ney está bolando a estratégia dele e eu, a minha. O rei é a peça que menos se mexe. Aqui não tem rei, tem muito peão, bispo, cavalo. Mas no xadrez todas as peças se movem em torno dele. Às vezes, rainha e bispo se tornam mais importantes.

[Lance]

Nenhum comentário: