sábado

Bruno não se conforma com suspensão



Fora do Fla-Flu de amanhã, o goleiro Bruno deixou a Gávea por volta das 17h, enquanto seus companheiros ainda estavam treinando. Mas o técnico Cuca mostrou compreensão com o momento vivido pelo camisa 1, que pegou dois jogos de suspensão por uma entrada no vascaíno Edu Pina, num lance em que o árbitro sequer marcou falta.

“Ele tem que estar bravo mesmo. Ele nem foi expulso, foi citado. Tanto que não foi ao tribunal porque tinha certeza de que seria absolvido”, comentou o técnico, completando: “Há uma semana, ele perdeu o padrasto. Hoje, ele pediu para ir embora e temos que ter sensibilidade. Se ele não saiu com cara de muitos amigos, é normal”.

O técnico explicou por que escalou o goleiro contra o Remo, em vez de dar ritmo para o reserva Diego: “Na tarde do jogo, recebi uma ligação do nosso vice autorizando colocar o Bruno em campo, porque ele teria a chance de jogar no domingo, revertendo sua punição para cestas básicas”, contou Cuca.
Mas a tentativa não deu certo e Bruno continua suspenso.

[O Dia]

Nenhum comentário: