segunda-feira

Kléber Leite garante permanência de Cuca



Isolado entre alguns jogadores e com rumores de demissão depois do empate em 1 a 1 com o Tigres, ontem foi dia de Cuca arejar a cabeça que estava quente e ser abraçado pelo vice-presidente de futebol do Flamengo, Kléber Leite. A convite do dirigente, o técnico passou o dia na Serra de Itaipava traçando novas diretrizes para o time. “Passamos um belo domingo, conversando e trocando ideias, o que sempre é preciso. Segue tudo como antes, com reapresentação normal”, garantiu Kléber Leite, que analisou ainda o tropeço diante do lanterna Tigres: “As coisas não caminharam bem. Isso é do futebol. Vamos melhorar”.

Foi um encontro com tom familiar — já que Cuca levou a mulher Rejane —, e com pitadas de futebol. Dirigente e técnico analisaram mudanças que podem ser feitas e estudaram a situação dos jogadores.
Apesar do discurso de união do elenco, nos bastidores alguns jogadores reclamam da postura de Cuca, que estaria minando certos atletas. Para o jogo contra o Vasco, domingo, o treinador deverá promover mudanças no time.
Ao comentar o empate em 1 a 1 com o Tigres, além de apontar o pênalti desperdiçado por Leonardo Moura e a falha de Bruno como agravantes para o tropeço, Cuca deixou claro que faltou atitude ao time.

Insatisfação

O técnico quer detectar possíveis focos de insatisfação e tentar saber se existe corpo mole. Ainda assim, Cuca não quer culpar o atraso nos salários pelas atuações ruins. “Temos que correr dobrado. Podemos e devemos correr mais do que estamos correndo”, afirmou Cuca.

(O Dia)

Nenhum comentário: