terça-feira

Jogadores do Fla reagem às insinuações de que são mercenários



Ibson fica surpreso e Bruno indignado com a faixa que a torcida pretende exibir no clássico


Não pegou bem entre os jogadores a informação de que a torcida do Flamengo planeja exibir uma faixa chamando-os de mercenários assim que os salários forem colocados em dia. No protesto, que provavelmente acontecerá contra o Vasco, estará a seguinte frase: “Mercenários: vocês têm o dinheiro, agora nos deem a vitória”.

O volante Ibson ficou surpreso com a informação e defendeu os companheiros de qualquer acusação de “corpo mole”. Após a partida contra o Tigres, o técnico Cuca afirmou que a equipe poderia correr mais e os comentários insuflaram a revolta de torcedores.

- Quem disser que há mercenários aqui será bastante injusto. Alguns provaram que amam o Flamengo recusando propostas melhores para ficar aqui. Eu mesmo fiz isso. Nosso time está tentando. Ninguém coloca a mão na coxa pedindo para não jogar.

Nesta segunda-feira, o técnico Cuca mostrou aos jogadores a classificação geral do Campeonato Carioca para mostrar que o Flamengo não vai tão mal quanto as pessoas comentam. O argumento foi utilizado por Bruno para rebater o adjetivo nada elogioso.

- Mercenários? Só por que não ganhamos a Taça Guanabara em um jogo atípico? Não dá para ganhar tudo. Somos líderes da nossa chave na Taça Rio e estão criando muita coisa. Nosso time está até calmo demais.

A expectativa da diretoria é pagar o mês de janeiro até a próxima quinta-feira. No domingo há o clássico contra o Vasco. A conhecida estratégia do doping financeiro animou Ibson.

- A motivação é ainda maior. Vou poder fazer um supermercado (se o dinheiro sair). Mas mesmo com o salário atrasado vamos correr da mesma forma.

(GE)

Nenhum comentário: