quinta-feira

FLAMENGO, CAMPEÃO SUL-AMERICANO DE BASQUETE



O Flamengo/Petrobras é o atual campeão sul-americano de basquete. Jogando em quadra adversária, em Santiago del Estero, e diante de uma torcida fervorosa, o Flamengo derrotou o Quimsa, da Argentina, por 98 a 96 (49 a 48). Mais uma vez, Marcelinho comandou o time e foi o cestinha da partida, com 41 pontos. O ala e capitão da equipe rubro-negra marcou 30 pontos só no primeiro tempo.

O jogo foi tenso e muito equilibrado. As duas equipes revezaram a liderança do placar por diversas vezes e mostraram muita garra.

Marcelinho abriu o placar do primeiro quarto com cesta de três, mas o brasileiro Wanderson, do Quimsa, empatou a partida. Marcelinho e Hélio garantiram duas cestas seguidas de três, abrindo vantagem de seis pontos. Quimsa marcou mais uma bola de três e Araújo revidou com cesta de dois pontos. Os argentinos buscaram reação, a diferença caiu para dois pontos e, uma bola de três colocou o Quimsa na frente do marcador. Jogando mal e pecando na defesa, o Flamengo viu a desvantagem aumentar para oito pontos. O técnico Paulo Sampaio pediu tempo para reorganizar o time, que não correspondeu. Duda sofreu falta, foi para a linha de lance livre, desperdiçou o primeiro e confirmou a segunda cesta. Com Marcelinho no comando, o Flamengo diminuiu a diferença para cinco pontos (25 a 30).

O segundo quarto começou truncado, chato, com a típica catimba argentina dentro e fora de quadra. As duas equipes demoraram a pontuar. Coloneze tomou iniciativa e confirmou mais dois pontos para a equipe da Gávea. Hélio garantiu mais uma cesta de dois e a diferença caiu para um ponto. Wanderson, do Quimsa, marcou de três e Marcelinho revidou. Sequência de bolas de três de Wanderson, pelo Quimsa, e de Marcelinho, pelo Flamengo. Guerreira, como sempre, a equipe da Gávea conseguiu abrir nova vantagem de três pontos. Com cesta de três, os argentinos empataram novamente o marcador. Marcelinho sofreu falta, foi para a linha de lance livre e confirmou os dois pontos. Nos segundos finais, o Quimsa também sofreu falta, mas converteu apenas um dos dois lances livres (49 a 48).

O brasileiro Wanderson abriu o placar do terceiro quarto com cesta de três, seguida de um lance livre. Jefferson marcou cesta de três e empatou o placar em 52 a 52. O Quimsa reagiu e abriu quatro pontos de vantagem. Marcelinho sofreu falta, desperdiçou o primeiro, mas garantiu o segundo lance livre. Com boa roubada de bola, Duda marcou mais uma cesta de dois, seguida de outra de Araújo e o Flamengo voltou à liderança do marcador, com um ponto de diferença. Araújo cometeu falta técnica, dando mais dois pontos para o adversário. Jefferson cravou para o Flamengo e levou falta técnica, o que acabou empatando novamente a partida. O Quimsa marcou mais uma cesta de dois e Jefferson respondeu com bola de três. Dando ritmo e se impondo no jogo, o Rubro-Negro abriu quatro pontos nos segundos finais (72 a 68).

O quarto e último período permaneceu acirrado e bem equilibrado. O Quimsa abriu o placar com cesta de dois e Wagner de três. Duda sofreu nova falta, desperdiçou o primeiro lance livre e acertou o segundo. Em seguida, o camisa 10 da Gávea fez uma enterrada, levando o time todo a vibrar muito. O Flamengo abriu nova vantagem de oito pontos, a equipe argentina reagiu, diminuiu a diferença, mas os rubro-negros não desanimaram, nem perderam o ritmo. Allen, do Quimsa, empatou mais uma vez faltando dois minutos para o término da partida. Na malandragem, Marcelinho cavou falta e garantiu mais um ponto. O Quimsa respondeu com cesta de três, mas Marcelinho, o nome do jogo, revidou na mesma moeda. Sequência de faltas nos segundos finais e com o Flamengo em vantagem de um ponto. Após sofrer a última falta do jogo, Duda converteu o lance livre e garantiu a vitória rubro-negra por 98 a 96.

Os campeões sul-americanos chegam ao Rio na sexta-feira (13/03), às 20h55, voo Aerolinas Argentinas 1268, Terminal 1/Setor Vermelho, do Aeroporto Internacional.

(Ag. Fla)

Nenhum comentário: