quarta-feira

Com show de Josiel, Fla vence o Madureira



Rubro-Negro faz 4 a 2 e assume a liderança do Grupo B na Taça Rio


O Flamengo afastou um pouco da crise que rondava a Gávea ao derrotar o Madureira na tarde desta quarta-feira por 4 a 2, no Estádio Giulite Coutinho em Mesquita. O nome da partida foi o atacante Josiel, que marcou três vezes e foi a nove gols, ficando a dois do artilheiro Bruno Meneghel, do Resende.

Com o resultado, o Rubro-Negro foi a dez pontos e assumiu a liderança provisória do Grupo B na Taça Rio. O Botafogo pode retomar esta condição na partida desta noite contra o Americano. O Tricolor Suburbano, que enfrenta o Boavista na próxima rodada, segue na terceira colocação do Grupo A, com nove pontos. O Flamengo encara o Resende, no sábado, no Engenhão.

A necessidade da vitória fez com que o técnico Cuca ousasse desde a escalação da equipe até a postura que foi demonstrada em campo. Sem contar com os suspensos Willians e Leonardo Moura, o treinador optou por Toró na contenção e pelo jovem Erick Flores na criação.

Desde o início, o Flamengo ditou o ritmo do jogo, principalmente com as jogadas de Juan pela esquerda, que explorava muito bem a avenida Claudemir. Apesar das boas jogadas de linha de fundo, o Rubro-Negro demorou a dar seu primeiro chute a gol.

A rigor, este só aconteceu aos 23 minutos. Juan tabelou com Erick Flores e chutou com firmeza. O goleiro Renan deu rebote e Josiel conferiu. Porém, o camisa 9 estava impedido e o auxiliar anulou o lance corretamente.

Pouco depois, foi a vez de Erick Flores fazer bela jogada pela esquerda. A aposta de Cuca foi ao fundo e cruzou de canhota na cabeça de Josiel, que marcou pela primeira vez em sua tarde inspirada.

O Flamengo não demorou a ampliar a sua vantagem. Em mais uma bela jogada de Erick Flores, Josiel recebeu livre dentro da área e teve calma para dominar e fazer o gol.

Apesar de parecer entregue, o Madureira diminuiu quando menos se esperava. Bruno recebeu lançamento longo e, de canhota, bateu no canto de Bruno, que não teve reflexo para fazer a defesa.

Pouco antes do intervalo, Josiel marcou pela terceira vez e devolveu a calma ao Flamengo. Depois de cruzamento de Juan, o atacante aproveitou falha de Eduardo Luiz e cabeceou para o gol.

O Flamengo voltou para a etapa complementar disposto a liquidar a fatura. Logo no começo, Everton Silva fez excelente jogada pela direita e cruzou rasteiro para Josiel. Desta vez, o atacante falhou e perdeu gol feito.

Pouco depois, Erick Flores saiu de maca e Cuca foi obrigado a mexer. Jônatas entrou e a postura tática da equipe foi modificada, já que Ibson foi adiantado como principal homem da criação.

Melhor em campo, o Flamengo seguiu criando chances e devendo em capricho nas conclusões. Sempre presente no ataque, Everton Silva teve boa oportunidade de marcar, mas chutou por cima.

O Madureira ameaçava com raridade, mas chegava sempre com susto. Em um deste lampejos, Luiz Cláudio teve ótima chance na área, mas chutou muito mal, por cima do gol de Bruno.

O Flamengo teimava em perder gols e se recusava a matar a partida. Aos 26, foi a vez de Juan tabelar com Josiel e chutar para a defesa de Renan. Tirando proveito da ineficácia rubro-negra, o Madureira marcou com Alex Alves e colocou fogo no jogo.

Tentando desafogar a situação do Flamengo, Cuca pôs o argentino Maxi no lugar de Zé Roberto para dar velocidade ao time. E logo o Rubro-Negro conseguiu este sossego quando Eduardo Luiz fez pênalti ao colocar a mão na bola de forma tola. Juan foi para a cobrança, deslocou o goleiro e sacramentou a vitória rubro-negra, que devolverá a paz na Gávea, pelo menos até o próximo jogo.

FICHA TÉCNICA:
MADUREIRA 2 X 4 FLAMENGO

Estádio: Giulite Coutinho, Mesquita (RJ)
Data/hora: 25/03/2009 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Renda/público: R$ 59.465,00 / 3.962 pagantes

Cartões amarelos: Ricardo, Amarildo, Wagner (MAD); Toró, Everton Silva (FLA)
Cartões vermelhos: Ricardo, 48'/2ºT (MAD)

GOLS: Josiel, 26'/1ºT (0-1); Josiel, 29'/1ºT (0-2); Bruno, 41'/1ºT (1-2); Josiel, 43'/1ºT (1-3); Alex Alves, 29'/2ºT (2-3); Juan, 37'/2ºT (2-4).

MADUREIRA: Renan, Claudemir, Ricardo, Eduardo Luiz e Amarildo, Wagner (Warley, 31'/2ºT), Paulo Victor, Abedi (Luiz Cláudio, intervalo) e Bruno; Alex Alves e Jones (Adriano Felício, 21'/2ºT). Técnico: Róbson Gabriel.

FLAMENGO: Bruno, Everton Silva, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Toró (Kleberson, 27'/2ºT), Ibson e Erick Flores (Jônatas, 13'/2ºT); Zé Roberto (Maxi, 33'/2ºT) e Josiel. Técnico: Cuca.

[Lance]

Nenhum comentário: